A Escrava Isaura enfrentou censura religiosa, levantou a Record e fez história na TV


Novela A Escrava Isaura marcou a história TV brasileira (Foto: Reprodução)
Novela A Escrava Isaura marcou a história TV brasileira (Foto: Divulgação)

Novela Escrava Isaura foi um grande sucesso na Record

A Escrava Isaura”, escrita por Tiago Santiago e transmitida originalmente em 2004, é um dos maiores sucessos da Record. Baseado na obra de Bernardo Guimarães, apesar de ter semelhanças com a versão feita pela Globo, a trama possui muitas histórias e curiosidades de seus bastidores.

+ Relembre personagens que participaram de mais de uma novela na Globo

Para quem não sabe, a protagonista Bianca Rinaldi, que na época havia atuado em “Pícara Sonhadora” e “A Pequena Travessa”, ambas do SBT, não foi considerada como a primeira opção da direção para o papel de Isaura. Herval Rossano tinha pensado em Cleo Pires e Mel Lisboa para a personagem, mas houve avanço nas negociações com as atrizes.

IURD fez censura religiosa

A direção de “A Escrava Isaura” chegou a ser surpreendida com uma intervenção da Igreja Universal do Reino de Deus em uma das cenas da história que possuía um presépio no cenário. O veto aconteceu na edição, deixando o trecho filmado semanas antes com um erro de continuação.

+ Na RedeTV!, Neusa Borges reclamou de ex-diretor da Globo: “Me chama pra trabalhar, porr*!”

O diretor artístico da trama, Herval Rossano, também disse ao jornal “Folha de S.Paulo” que o folhetim não podia exibir santos, até quando Isaura se casou em uma igreja católica. “[Eles] deixavam mostrar só a cruz, sem o Cristo. No casamento, tivemos que pedir ao padre da igreja [da fazenda Santa Gertrudes, no interior de SP] para retirar as imagens de Nossa Senhora do altar”, afirmou.

Cultos afro-brasileiros também foram retirados do texto da trama, contou Rossano. No entanto, a Record negou as acusações do diretor, dizendo que “não houve qualquer cerceamento religioso e que as gravações seguiram estritamente o que foi escrito pelo autor Tiago Santiago”.

Casamento entre Malvino e Leôncio em A Escrava Isaura (Foto: Reprodução)
Casamento entre Malvino e Leôncio em A Escrava Isaura (Foto: Reprodução)

Sucesso na audiência

“A Escrava Isaura” pode ser vista como um divisor de águas na história da dramaturgia da Record. O folhetim ficou no lugar “Metamorphoses”, considerado o maior fracasso da emissora, também foi beneficiada ao enfrentar a malsucedida “Começar de Novo”, da Globo. A produção obteve 13 pontos de média, chegando a 19 em seu último capítulo, o que colocou a Record no segundo lugar isolado em audiência.

Novela conquistou boa audiência para a Record (Foto: Reprodução)
Novela conquistou boa audiência para a Record (Foto: Reprodução)
Hudson William

Escrevo sobre notícias da TV e das celebridades há muitos anos com passagens, inclusive, por outros portais como TV Foco. Meu objetivo é informar com precisão e clareza.