Rachel Sheherazade faz publicação enigmática e ressurge rumores de repescagem em “A Fazenda 15”


A Fazenda 15 Rachel Sheherazade (Foto: Reprodução, Record, Instagram)
A Fazenda 15 Rachel Sheherazade (Foto: Reprodução, Record, Instagram)

Rachel Sheherazade fez uma misteriosa publicação deixando todos os seus fãs alertas sobre uma possível volta em “A Fazenda 15”

A jornalista Rachel Sheherazade aproveitou a noite para abrir uma caixinha de perguntas em seu Instagram e interagir com os fãs, mas chamou atenção afirmando que estava arrumando as malas e não podia dar mais detalhes de seu destino ainda.

Por conta da publicação, muitos fãs estão especulando nas redes sociais que exista a possibilidade de Rachel voltar para “A Fazenda” ou até mesmo participar de uma repescagem do programa, porém, nada foi revelado pela jornalista ainda e sua viagem permanece em segredo.

“Eu vi que tá rolando aí uma fofoca que eu estaria arrumando as minhas malas para voltar para A Fazenda, o que vocês acham? Vocês querem que eu volte pra Fazenda? De fato, eu estou arrumando minhas malas! Será que eu volto pra Fazenda?”, atiçou Rachel.

“O povo aqui nas redes sociais que tá doido para saber para onde eu vou. Vocês são curiosos, hein! Mas não posso falar, ainda não! Vou lançar uma perguntinha: Você queria que eu fosse pra onde?”, questionou ela, recebendo várias respostas de que iria voltar para o programa e eliminar o ‘Grupão’.

Dificuldades financeiras

Em entrevista ao canal “Selfie Service“, de Lucas Maciel, a jornalista Rachel Sheherazade revelou detalhes do polêmico divórcio que enfrentou, onde precisou abrir mão de metade de seus bens e, por isso, enfrentou muitos problemas financeiros.

Rachel Sheherazade (Foto: Reprodução, Instagram)
Rachel Sheherazade (Foto: Reprodução, Instagram)

“Passei por um divórcio, em que eu era casada com comunhão de bens, e tive que abrir mão de 50% de tudo que eu tinha. A casa que eu tinha foi para meu ex-marido, e o que fiquei foi a poupança que eu tinha pra mim e pros meus filhos. Dessa poupança, eu vivo até hoje. Não só para sustentar os meus filhos, mas sou a provedora da minha mãe — aposentada com um salário mínimo — e do meu irmão que tem esclerose múltipla”, explicou a jornalista.