Acidente com avião da Petrobras matou 14 jornalistas de quatro emissoras de televisão


Acidente com avião da Petrobras matou 14 jornalistas de quatro emissoras de televisão (Foto: Reprodução, Globo)

O que seria uma reportagem, se transformou em tragédia de avião com 14 jornalistas de quatro emissoras de televisão mortos

O que tinha tudo pra ser um grande momento com vários jornalistas, se transformou em uma grande tragédia. Nas últimas décadas, acidentes com avião e viários mataram dezenas de repórteres e técnicos das emissoras enquanto elas exerciam suas funções.

Em 2018, um dia depois da queda do helicóptero da Globo no Recife, um novo acidente com uma aeronave de emissora assustou os funcionários da RedeTV. O helicóptero que prestava serviço ao canal despencou do heliponto até o estacionamento e bateu em carros de colaboradores. Segundo o Corpo de Bombeiros, ninguém se feriu.

Acidente de helicóptero da RedeTV (Foto: Reprodução, Globo)
Acidente de helicóptero da RedeTV (Foto: Reprodução, Globo)

O prejuízo foi apenas material. De acordo com informações iniciais, ventava forte no local e uma rajada de vento arremessou a aeronave, que bateu na grade de proteção e caiu. O helicóptero não tinha ocupantes e estava estacionado no heliponto.

Há alguns anos atras, um helicóptero da Record caiu no Jockey Club de São Paulo, devido à falha causada por falta de manutenção e inspeções. O acidente foi filmado pela Globo .O piloto do Globocop até tentou ajudar o colega, que não resistiu e morreu.

A grande tragédia

No dia 28 de junho de 1984, o que seria uma reportagem se transformou em tragédia: 14 jornalistas de quatro emissoras de televisão morreram na explosão de um avião Bandeirante, da TAM, que se chocou com um morro perto de Barra de São João, a cinco minutos de Macaé (RJ).

Além dos jornalistas, que eram da Globo, Manchete, Bandeirantes e TV Educativa, morreram dois tripulantes e dois funcionários da Petrobras. No entanto, infelizmente, a tragédia não ficou somente no acidente de avião.

Jornal falando sobre o acidente de avião (Foto: Reprodução)
Jornal falando sobre o acidente de avião (Foto: Reprodução)

Contudo, no dia seguinte, o jornalista Samuel Wainer Filho e o cinegrafista Felipe Ruiz, ambos da Globo, que cobriram o acidente, voltavam para o Rio quando a caminhonete da emissora derrapou e colidiu com uma árvore. Eles não sobreviveram.