Adriane Galisteu diz que pediu para Ayrton Senna não ir à corrida que o matou; mas levou bronca do piloto


Adriane Galisteu e Ayrton Senna (Foto: Reprodução/Montagem/ Fatos da TV)
Adriane Galisteu e Ayrton Senna (Foto: Reprodução/Montagem/ Fatos da TV)

Adriane Galisteu diz que Senna não tinha acordado bem naquele dia, por isso, ela chegou a levantar a possibilidade dele não ir à corrida

A apresentadora Adriane Galisteu expôs detalhes sobre seus derradeiros momentos ao lado de Aytron Senna, com quem namorou por um ano e meio, de 1993 até o dia da morte do piloto, em 1 de maio de 1994.

A loira contou que na última corrida do maior ídolo brasileiro do automobilismo, o atleta não estava animado para competir e chegou a dizer para ela que isso nunca tinha acontecido em sua carreira.

“Ficamos um ano e meio no último um ano e meio da vida dele. Ele me ligou tenso, ele não estava legal, o Rubinho tinha sofrido um acidente horroroso e ele era amarradão no Rubinho”, contou Adriane.

“Ele estava internado e teve um outro acidente com um português, foi um final de semana macabro, não era para ter corrida, tem essa regra”, relembrou em entrevista ao podcast de Fabiana Justus.

Adriane Galisteu e Ayrton Senna  (Foto: Reprodução/ Internet)
Adriane Galisteu e Ayrton Senna (Foto: Reprodução/ Internet)

A artista sugeriu que o pilote não participasse

Adriane ainda contou como quase o impediu de sofrer o acidente: “Eu falava para ele: ‘Você pode não correr’. Ele tinha o direito de não correr, mas eu tomei uma bronca tão grande”.

“A gente tem uma coisa impulsiva e para receber ordem é um pouco difícil. Ele me respondeu: ‘Como eu não corro? Eu não vou pontuar’. Ele não seria campeão, era uma questão lógica e não emocional”, finalizou Adriane ressaltando que o tricampeão da Fórmula 1 não estava bem para correr.

Contudo, no dia da tragédia, a modelo acompanhou as notícias do acidente em Algarve, Portugal, onde encontraria o namorado depois da prova na Itália.

Em suma, em maio deste ano, completou exatos 29 anos da morte de Ayrton Senna. No dia da tragédia, o corredor estava liderando a corrida, mas acabou sofrendo um grave acidente e não resistiu.

Além de Senna, o piloto Roland Ratzenberger também perdeu a vida durante os treinos naquele mesmo final de semana.

Adriane Galisteu e Ayrton Senna  (Foto: Reprodução/ Internet)
Adriane Galisteu e Ayrton Senna (Foto: Reprodução/ Internet)
Bruna Alves

Autor(a):

Bruna Alves

Eu sou Bruna Alves, redatora de notícias da televisão e celebridades desde 2016, com passagens em alguns sites da área ao logo desse tempo. No FATOS DA TV, trago notícias com credibilidade e responsabilidade aos leitores, relembrando acontecimentos passados da TV e dos famosos, mas também deixando os leitores atualizados com assuntos da atualidade.