Alcóolatra, ator de Mar do Sertão fez pedido inacreditável para a produção de novela: “Insuportável”


Cena da novela Mar do Sertão. (Foto: reprodução)
Cena da novela Mar do Sertão. (Foto: reprodução)

Atualmente no ar em Mar do Sertão, novela das 18h da Globo, onde dá vida ao vilão Tertúlio, José de Abreu sempre foi visto como uma figura bastante polêmica, e já aprontou algumas situações inusitadas nos bastidores de outras produções da emissora.

Em 2020, durante uma live com artistas, Maria Zilda deu o que falar ao revelar detalhes do comportamento do colega nos bastidores da novela Bebê a Bordo (1998), e o dilema que enfrentou ao protagonizar cenas mais íntimas com ele.

A atriz, que deu vida à personagem Ângela no folhetim, revelou que José de Abreu viveu uma fase “muito doida” na época da trama, e que por abusar da bebida, enfrentava problemas com mau hálito, causando uma tremenda saia justa nas cenas de beijo. “Era uma coisa insuportável. Ele suado. Já tinha o cheiro do suor, mais o do cigarro, mais o da bebida […] o Zé era um bicho”, disparou.

José de Abreu e Maria Zilda. (Foto: reprodução)
José de Abreu e Maria Zilda. (Foto: reprodução)

Estrela de Mar do Sertão fez pedido inacreditável para a produção

Segundo Maria Zilda, José de Abreu passava do ponto pela sua compulsão pela bebida e chegou a pedir para que um membro da produção lhe desse cachaça na boca, em uma determinada cena, na qual ele estava amarrado.

José de Abreu também já chegou a abrir o jogo e falar da relação que tinha com a atriz nos bastidores. Em sua biografia, lançada recentemente, o veterano contou que já chegou a viver aventuras sexuais com a colega nos bastidores do filme A Intrusa, de 1979.

“Transávamos no meio do nada na hora do almoço, comer para quê? Pegava o cavalo do personagem, a colocava na garupa e íamos para baixo de uma árvore, longe dos olhares da equipe. Estendia meu poncho azul com forro vermelho na relva e nos amávamos como se a vida acabasse ali”, confidenciou o famoso.