Ana Hickmann se manifesta após sua empresa ser acusada de golpe por suposta ex-sócia


Ana Hickmann (Foto: Reprodução, Youtube)
Ana Hickmann (Foto: Reprodução/Internet)

Além de tudo que tem acontecido após sofrer agressão, Ana Hickmann ainda tem que lhe dar com acusações de golpe

Em meio a alegações feitas por Keylla Mapa, que se apresentou como ex-sócia do Instituto Ana , a instituição se manifestou sobre as acusações e esclareceu sua posição. A mulher afirmou que o empreendimento teria prometido retornos financeiros inalcançáveis, além de denunciar supostas ameaças feitas pelo cunhado de Ana Hickmann, Gustavo Correa.

O Instituto Ana Hickmann negou categoricamente a afirmação de que Keylla Mapa fosse uma sócia do empreendimento. Segundo a instituição, a mulher era uma das administradoras de uma das franquias localizadas na cidade de Betim, em Minas Gerais. A instituição esclareceu que a decisão de desligá-la ocorreu devido à sua não adimplência com os pagamentos e encargos da franquia.

Ana Hickmann (Foto: Reprodução, You Tube)
Ana Hickmann (Foto: Reprodução, You Tube)

Para o jornalista Leo Dias, o Instituto Ana comunicou que Keylla Mapa foi oficialmente desligada em 9 de novembro de 2023. A instituição alega ter tentado uma solução para regularizar os débitos, mas afirma que a mulher não colaborou nesse sentido.

“Keyla não é sócia de nenhuma unidade da rede. Ela atua como administradora da franquia de Betim […], e teve sua rescisão efetivada em 9 de novembro de 2023 por falta de cumprimento dos compromissos da franqueada com a franqueadora”, informou.

Ana Hickmann (Foto: Reprodução/ Instagram)
Ana Hickmann (Foto: Reprodução/ Instagram)

Acusações

Sobre as acusações de Keylla Mapa em relação às supostas ameaças feitas pelo irmão de Alexandre Corrêa, o Instituto Ana Hickmann nada comentou. Por outro lado, a instituição declarou que Keylla Mapa parece estar se aproveitando do momento turbulento na vida pessoal de Ana  para prejudicar a imagem e os negócios da apresentadora.