Âncora do Jn detalhou a morte do marido, que partiu segurando sua mão, e relato desolou o país


Âncora do Jornal Nacional detalhou a morte do marido (Foto Reprodução/Montagem/Fatos da Tv)
Âncora do Jornal Nacional detalhou a morte do marido (Foto Reprodução/Montagem/Fatos da Tv)

Âncora do Jornal Nacional, da Globo, detalhou os últimos instantes de vida do seu marido e relato desolou o público

Durante uma recente entrevista ao Jornal Extra, a âncora do principal jornal da Globo, o “Jornal Nacional”, Ana Luiza Guimarães, falou abertamente sobre a morte do seu marido, e revelou detalhes que cortou o coração de todos os brasileiros.

Ana Luiza Guimarães no JN da Globo (Foto Reprodução/Instagram)
Ana Luiza Guimarães no JN (Foto Reprodução/Instagram) 

A jornalista  era casada com Rodolpho Figueira, que foi um grande personagem do turfe carioca (corridas de cavalo), responsável nos Jogos Olímpicos de 2016 pelo hipismo em Deodoro. Ele lutava há quatro anos contra um câncer no fígado, e faleceu em março de 2021:

 Manoel Carlos, com 89 anos, deve seguir aposentado e não realizará um sonho antigo na Globo

“Faz um ano e nove meses que Rodolpho partiu. Lembro dele com muito carinho e amor. Éramos, acima de tudo, grandes amigos. E ficamos muito unidos até o último minuto. Quando ele faleceu (em decorrência de câncer no fígado), nós estávamos de mãos dadas. Durante o primeiro ano eu fiquei quieta, profundamente triste por dentro, sabe? É difícil perder uma pessoa com quem você faz planos” – Iniciou ela

Ana Luiza Guimarães e Rodolpho Figueira (Foto Reprodução/Internet)
Ana Luiza Guimarães e Rodolpho Figueira (Foto Reprodução/Internet)

Ainda na ocasião, ela contou como foi a sua luta junto ao seu amado, quando ele estava enfrentando a doença:

“No coração, já tenho a sensação de que foi feito tudo que estava ao alcance. Sem contar todo amor, solidariedade. Tudo isso ajuda a superar o luto. Quando fez um ano, e essas datas são um marco, voltei a planejar minha vida. Eu vivi o luto que tinha que viver” – Declarou a jornalista

Ana Luiza Guimarães, após a morte do marido, deu inicio o projeto de construir o sítio que Rodolpho Figueira tanto sonhou. Localizado no Morro da Onça, na região Serrana do Rio.

Uma das postagens que a jornalista faz demonstrando a falta que seu marido faz (Foto Reprodução/Instagram)
Uma das postagens que a jornalista fez demonstrando a enorme falta que o marido faz (Foto Reprodução/Instagram)
Lennita Lee

Autor(a):

Lennita Lee

Meu nome é Lennita Lee, tenho 32 anos, nasci e cresci em São Paulo. Viajei Brasil afora, e voltei para essa cidade, afim de recomeçar a minha vida. Sou formada em moda pela instituição "Anhembi Morumbi" e sempre gostei de escrever. Minha maior paixão sempre foi a dramaturgia Também sou viciada em grandes produções latino americanas e mundiais. A arte é o que me move ....