Angélica faz duro desabafo sobre o que viveu aos 14 anos na TV: “Eu sofri um abuso moral”


Angélica em entrevista com Pedro Bial (Foto: Reprodução)

De volta a Globo para um entrevista, Angélica falou sobre carreira e de tragédia que aconteceu na sua vida

Neste ano de 2023, Angélica chega aos 50 anos e para celebrar a data ela foi convidada para o Conversa com o Bial da última sexta, 12 de maio, e no programa fez revelações interessantes para o seu público.

Para começar a falar de sua carreira, a esposa de Luciano Huck disse: “Lancei ‘Vou de Táxi’ aos 14, 15 anos e começou uma loucura. Fazia dois programas na televisão, show pelo Brasil inteiro. Foi uma avalanche“.

Por um lado isso foi bom, mas por outro Angélica disse em entrevista que o assédio veio junto com o sucesso. E o que mais incomodou nesta ocasião foi como sua sexualidade, mesmo tão nova, já foi tão questionada.

“Era uma agressão. Eu sofri um abuso moral muito nova, com 14 anos. E não é um veículo que me perguntou, dois… todo mundo queria saber se eu era virgem. E faziam essa pergunta. E eu era, só que eu era uma menina. Quando eu vejo, ouço e lembro disso, eu tenho muita pena daquela menina. É uma violência”.

Angélica dá entrevista sincera no Conversa com Bial (Foto: Reprodução/Globo)

Na mesma entrevista para Pedro Bial, Angélica contou que foi ótimo quando se casou com Luciano Huck aos 30 depois de namorar muito dos 22 até o casório.

Angélica, todavia, comemora que hoje em dia há uma liberdade sexual maior para as mulheres, ela contou: “A gente está em um momento revolucionário. De um tempo pra cá, a gente esta podendo falar, podendo se tocar, trocando esse tipo de informação que é tão importante. Quando a gente fala de sociedade patriarcal, de machismo, é isso”, pontua.

“Fico feliz porque eu percebo que a gente está preparando um caminho muito mais bacana para minha filha. Vou ter abertura com ela pra conversar disso. Ela já tem os crushs da escola. Eu falo pra ela: ‘você tem 10 anos, não é hora de namorar'”, contou a apresentadora ao se referir a Eva, sua caçula.