Antonio Fagundes vira assunto ao fazer vídeo polêmico: “Quando vai liberar?”


Ator Antonio Fagundes (Foto: Reprodução, Youtube)
Ator Antonio Fagundes (Foto: Reprodução, Youtube)

O ator Antonio Fagundes virou assunto na internet após participar de um vídeo cheio de frases “chamativas”

Antonio Fagundes participou de uma ação da campanha Novembro Azul, que incentiva homens a fazerem exames preventivos para detectar câncer de próstata. Em vídeo veiculado no canal Porta dos Fundos, o ator estimula homens a liberarem o c*zinho para o exame de toque, que é feito pelos médicos nos ânus dos pacientes.

“Olá, você me conhece das novelas da televisão, mas hoje tô aqui pra falar de um assunto sério. Você sabia que a cada 38 minutos morre alguém por câncer de próstata? Novembro tá chegando, e com ele a campanha Novembro Azul, então a pergunta que fica é: quando é que você vai liberar esse c* aí?”, diz o ator, no início de seu discurso.

“Colocar o c*zinho pra jogo é a melhor forma de se prevenir contra essa doença, que é responsável por 28% das mortes quando se trata de neoplasias malignas. Logo, deixar o profissional cutucar o seu butico é a melhor escolha pra uma vida saudável”, complementa ele.

O Ator Antônio Fagundes (Foto: Reprodução)
O Ator Antônio Fagundes
(Foto: Reprodução)

“Por preconceito, muito homem se recusa a soltar o fedido no dedo do médico, por achar que essa experiência vai afetar de alguma forma a sua sexualidade, mas isso é um mito. Não existem evidências de que abrir a avenida pra deixar o ônibus passar interfira na sua orientação sexual”, afirma o ator.

Fagundes então cita o exemplo de Henrique, que fez o exame e continuou como antes. Henrique é um personagem interpretado por Fabio Porchat, que diz que nada mudou após o médico mexer em seu “fuleco”.

Conscientização

“Viu só, não precisa ficar nervoso. Se você for hetero, vai continuar sendo hetero. Se você for enrustido, sua mulher vai continuar fingindo que não sabe. Afinal, o c* não é botão de liga e desliga da heterossexualidade”, explica Fagundes.

Em seguida, o ator diz que um médico explicará como “ele coloca o dedo no melado”. O médico é interpretado por Antonio Tabet, e Fagundes incentiva o personagem a falar “c*” em vez de ânus.

“Todo mundo sabe que o senhor enfia o fura-bolos no buraco dos outros, fala c*, p*rra. O senhor aciona o botam reset. Abre o terceiro olho. Entra pela porta dos fundos, cutuca o rasgado, mexe no loló, arruma o bagageiro, quebra o anel de honra, ajeita o fedegoso, pirraça o fedido, estica o amarrotado, alarga o caneco”, Fagundes brinca com todas as expressões de duplo sentido.

O ator ainda ressalta que o exame é bastante rápido: “Viu só? Abrir a jaca é super-rápido e é simples, todo mundo precisa fazer esse exame”. O personagem do médico avisa que neste caso não é possível fazer autoexame. No final do vídeo, Fagundes conclui seu discurso de forma bem direta: “Faz o exame, p*rra. Novembro azul: tomar no c* de verdade é ter câncer”.