Antônio perde a paciência com Ramiro e toma atitude radical contra o capanga em Terra e Paixão


Ramiro e Antônio em Terra e Paixão. (Foto: reprodução, Globo)
Ramiro e Antônio em Terra e Paixão. (Foto: reprodução, Globo)

Antônio decide excluir Ramiro de missão em Terra e Paixão

Em Terra e Paixão, Antônio, interpretado por Tony Ramos, toma uma decisão arriscada ao ignorar a sensibilidade de seu capanga mais fiel, Ramiro, interpretado por Amaury Lorenzo. O fazendeiro teme que a proximidade de Ramiro com Kelvin atrapalhe seus planos para capturar Aline, vivida por Barbara Reis, que se refugiou em um convento. Antônio, sem hesitar, joga a culpa da suposta ineficiência de Ramiro em Kelvin, revelando sua irritação na frente de outros capangas.

Ramiro, que antes demonstrava hesitação em realizar atos cruéis após conviver com Kelvin, recusou-se a atirar em Antônio e ignorou as ordens de Irene, interpretada por Gloria Pires, para assassinar Sidney. Essa mudança de comportamento é atribuída por Antônio à proximidade com Kelvin, o “rapaz alegrinho”, e isso desperta desconfiança no fazendeiro, levando-o a excluí-lo dos planos para capturar Aline.

Enquanto isso, Antônio está furioso com a fuga de Aline de Nova Primavera, temendo represálias. A protagonista, grávida e preocupada com a segurança dela, do bebê e de João, seu filho mais velho, busca refúgio em um convento fora da cidade. No entanto, um peão de Antônio descobre o paradeiro de Aline e informa o fazendeiro.

Antônio em Terra e Paixão. (Foto: reprodução)
Antônio em Terra e Paixão. (Foto: reprodução, Globo)

Vilão quer destruir Aline

Antônio, determinado a capturar Aline, reúne seus capangas e enfatiza a importância de manter Ramiro fora do assunto, considerando-o “estranhinho demais” devido à influência de Kelvin. O fazendeiro instrui seus homens a descobrirem o paradeiro da viúva, sem envolver Ramiro na operação.

Aline em Terra e Paixão. (Foto: reprodução)
Aline em Terra e Paixão. (Foto: reprodução, Globo)

Fora de si e alimentando seu ódio por Aline, Antônio sussurra uma ameaça sombria: “Aline Machado, a tua hora vai chegar!”. O desenrolar da trama promete tensão e confrontos, com o destino de Aline pendendo perigosamente nas mãos de Antônio e seus capangas.