Latino não tem motivo para sorrir após fracassar em processo judicial e poder ter mansão leiloada


Cantor Latino (Foto: Reprodução, Metrópole)
Cantor Latino (Foto: Reprodução, Metrópole)

Latino se afundou em dívidas milionárias e precisou entrar na justiça para tentar resolver sua complicada situação

A Justiça expediu um termo de penhora referente ao apartamento de Latino, localizado na Barra da Tijuca (RJ). Em julho deste ano, o cantor tentou parcelar a dívida milionária que possui com o Condomínio Quintas do Rio, mas a administração rechaçou a proposta por receio de descumprimento do pagamento. As informações foram dadas pela colunista Fábia Oliveira, do Metrópoles.

A medida judicial tenta garantir que Latino irá quitar a dívida que ultrapassa R$ 664 mil, em decorrência do não pagamento de uma série de obrigações com o imóvel. No entanto, o artista não concorda com o termo de penhora e disse que foi executado de forma incorreta.se afundou

Cantor Latino (Foto: Reprodução, Instagram)
Cantor Latino (Foto: Reprodução, Instagram)

Nos autos do processo, Latino alegou que a penhora realizada em março deste ano foi feita acima do valor correto, já que ele havia depositado  R$ 230 mil à Justiça. Vale destacar que a parcela foi depositada sem a homologação do trato final entre as partes.

Difícil morador?

Diante da insatisfação do artista, a Associação dos Moradores Quintas do Rio afirmou nos autos que Latino vive tentando tumultuar e atravancar o processo judicial. Em dada situação, o cantor descumpriu um acordo fechado em que ele deu o imóvel como garantia da dívida. Logo, não existiria razão para questionar a penhora.

A Associação ainda pediu que a Justiça impeça o artista de realizar depósitos de forma aleatória, além de exigir a homologação do laudo do apartamento para que o leiloeiro seja intimado o mais rápido possível. Em junho deste ano, o imóvel foi avaliado em mais de R$ 7 milhões por um perito.

Cantor Latino durante conversa com Leo Dias
Cantor Latino durante conversa com Leo Dias (Foto: Reprodução/Internet)

Contudo, no final de setembro, Latino afirmou que não teve a intenção de bagunçar o andamento do processo. Além disso, flou que estava tentando evitar eventuais erros futuros.