Após sofrer com “maldição” por beijar atriz, galã foi desprezado pela Globo: “Te tratam mal”


Guilherme Fontes (à dir.) em A Viagem. (Foto: reprodução)
Guilherme Fontes (à dir.) em A Viagem. (Foto: reprodução)

Nos anos 1990 e começo dos anos 2000, Guilherme Fontes foi considerado um dos principais galãs de novelas da Globo, tendo ganhado destaque principalmente em A Viagem (1994), quando deu vida à Alexandre, um dos vilões mais emblemáticos da história dos folhetins.

Em 2001, no entanto, o ator vivia uma fase bastante conturbada na sua carreira depois de ter seu nome envolvido em uma grande polêmica na produção do filme Chatô — O Rei do Brasil. O longa, dirigido por ele, foi cassado pelo governo federal, após suspeitas de mau uso de verbas públicas, fazendo com que o ator fosse alvo de muitas críticas e acusações, e claro, que tivesse que se afastar da telinha.

Até que, surgiu a grande oportunidade de protagonizar a novela Estrela-Guia. Na trama, o ator formou par romântico com Sandy, mesmo sendo 16 anos mais velho do que a cantora, que fazia sua estreia em folhetins da Globo.

Guilherme Fontes foi par romântico de Sandy em novela. (Foto: reprodução)
Guilherme Fontes foi par romântico de Sandy em novela. (Foto: reprodução)

Ator foi maltratado pela Globo após a sua saída da emissora

Essa oportunidade, no entanto, acabou se tornando uma “maldição” para Guilherme Fontes, já que, por coincidência, o ator não teve grandes trabalhos mesmo após ficar marcado por dar o primeiro beijo em Sandy em folhetins.

“É a mesma coisa que ser convidado pra dançar pela moça mais bonita da festa. Tinha aquela história da ansiedade pelo primeiro beijo dos personagens. Demorou quase 50 capítulos pra darem esse beijo. Uma expectativa muito grande”, declarou Fontes.

A brincadeira sobre a “maldição” após o beijo foi feita pelo próprio ator, em uma recente participação no podcast Papagaio Falante. “Você sabe que aconteceu uma coisa curiosa… sem desmerecer os convites de tudo o que eu fiz de lá para cá, mas depois do beijo da Sandy… só corno! Só fiz corno! Só fiz mijão e corno”, brincou.

Na primeira oportunidade que deixou a Globo, o ator também percebeu um comportamento estranho da emissora, e chegou a reclamar disso publicamente. “Quando você está lá é muito bem tratado. Depois que você sai, te tratam mal”, desabafou o famoso, que está afastado das novelas desde 2019, quando esteve em Órfãos da Terra.