Aposentado da TV, Sérgio Chapelin virou fazendeiro e fez rara aparição na Globo


Sérgio Chapelin apareceu na emissora em data especial (Foto: Reprodução/Globo)
Sérgio Chapelin apareceu na emissora em data especial (Foto: Reprodução/Globo)

O atual fazendeiro deu às caras com o intuito de parabenizar ex-colega de profissão

Em julho do ano passado, Sérgio Chapelin enviou mensagem em vídeo ao Esporte Espetacular para homenagear o veterano Léo Batista que iria completar 90 anos no dia 22 do mesmo mês.

+ Famoso apresentador do SBT confirmou não ter mais nada e possível falência assustou a todos

“Oi, Léo. É muito bom saber que você está agora para completar 90 anos. Eu gostaria de ter a sua fibra. Espero que você ainda continue firmão por ainda muito tempo. Um grande abraço desse velho companheiro”, declarou o ex-apresentador do Globo Repórter.

Atualmente, Chapelin é fazendeiro e reside em Itamonte, Minas Gerais. Em entrevista ao Notícias da TV, Sérgio alegou ter afetividade com o campo, visto que gosta do lazer presente nestas regiões- como andar a cavalo, por exemplo.

Sérgio Chapelin surgiu no “Esporte Espetacular” para mandar recado a Léo Batista (Foto: Reprodução/TV Globo)
Sérgio Chapelin surgiu no “Esporte Espetacular” para mandar recado a Léo Batista (Foto: Reprodução/TV Globo)

Cid Moreira, assim como seu ex-colega de Jornal Nacional, também enviou mensagem em vídeo a Leo Batista. Atualmente, o homem que eternizou o maior bordão da Copa do Mundo de 2010, tem 95 anos de idade e é bem ativo nas redes sociais.

Além de Moreira e Chapelin, muitos outros nomes enviaram os parabéns a uma das vozes mais conhecidas do país como, por exemplo, Fátima Bernardes, Galvão Bueno, Maria Júlia Coutinho, Poliana Abritta e a recém falecida Gloria Maria.

Léo disse que, a cada vídeo que via, se lembrava de histórias que teve com os colegas que apareciam na telinha, visto que foram anos de Globo juntos.

Cid Moreira e Sérgio Chapelin no Jornal Nacional (Foto: Globo)
Cid Moreira e Sérgio Chapelin no Jornal Nacional (Foto: Globo)

Trajetória Profissional de Sérgio Chapelin

Sérgio é, de fato, lembrado por ter apresentado o Jornal Nacional, o Fantástico e o Jornal da Globo, mas o rosto do jornalista ficou marcado mesmo por ter sido a cara que esteve à frente do Globo Repórter.

O programa teve início em 1973 e começou com Sérgio na apresentação. O que não se esperava é que ele ficaria 23 anos no cargo em períodos interpolados. Na sua carreira, Chapelin também se arriscou como narrador nos filmes Isto é Pelé (1974), Samba da Criação do Mundo (1978), Nas Ondas do Surf (1978) e Copa 78- O Poder do Futebol.

 

Hudson William

Escrevo sobre notícias da TV e das celebridades há muitos anos com passagens, inclusive, por outros portais como TV Foco. Meu objetivo é informar com precisão e clareza.