Apresentador do SBT ligou ao vivo para a Globo e pediu para acabar novela: “Corta”


No SBT, Ratinho já ligou ao vivo para a Globo. (Foto: reprodução)
No SBT, Ratinho já ligou ao vivo para a Globo. (Foto: reprodução)

Ratinho sempre foi conhecido pelo seu estilo sincero e irreverente, que o fez bombar desde o início da carreira, e justamente por isso, o apresentador do SBT já foi responsável por protagonizar alguns dos momentos mais absurdos da televisão brasileira.

Um desses momentos que ficaram eternizados ocorreu em dezembro de 2010, quando, durante o Programa do Ratinho, ao vivo, ele teve a audácia de pedir para que sua produção ligasse para a Globo. Acontece que apresentador estava incomodado com a demora da emissora em encerrar um capítulo da novela Passione, exibida na faixa das 21h, e revelou que a audiência do seu programa subia sempre ao término do folhetim da concorrência.

A ligação foi atendida por um funcionário do setor de coordenação da Globo, que se identificou como Maurício. “Aqui é do Programa do Ratinho e a gente fica esperando todo dia vocês terminarem a novela pra gente colocar as coisas no ar. Vocês não terminam nunca”, disse o apresentador. Ao perceber a situação, o funcionário chegou a cair na gargalhada. Foi quando Ratinho fez um pedido inusitado: “Corta a novela para a gente subir [a audiência] um pouco”.

O rapaz chegou a questionar se ele realmente não tinha ligado errado, mas Ratinho insistiu que telefonou para fazer uma “reclamação”. Bem humorado, o funcionário ainda explicou que a decisão sobre o término de programas e da programação da Globo era de responsabilidade de outro setor, no Rio de Janeiro. “Então, liga pro Rio”, falou.

Apresentador Ratinho. (Foto: reprodução)
Apresentador Ratinho. (Foto: reprodução)

Globo já se interessou em contratar Ratinho

Apesar de promover algumas situações polêmicas confrontando a Globo, Ratinho já chegou a despertar o interesse da própria emissora carioca em sua contratação, quando estava no auge do sucesso, na Record, em 1998, comandando o Ratinho Livre, que chegava a superar a audiência da Globo.

Mas essa informação não ficou apenas no campo da especulação. O próprio vice-presidente da Globo na época, Roberto Irineu Marinho (hoje presidente do Grupo Globo), confirmou o interesse da emissora em contar com Ratinho.

Roberto Irineu, no entanto, também aproveitou para alfinetar o conteúdo do programa comandado por Ratinho na Record, mas mesmo reconhecendo o carisma do apresentador, deu a entender que o estilo popularesco atrapalhou a sua transferência para a Globo.

“Não vamos menosprezá-lo. [Ratinho] é um camarada com um carisma danado e poderia estar fazendo um programa de melhor qualidade, com grande sucesso. É um desperdício usar o Ratinho em um programa tão ruim”, declarou o executivo.