Apresentadora da Record viu sua vida desmoronar após assassinato: “Estouraram a cabeça dele”


Apresentadora da Record passou por um trauma terrível em sua vida (Foto Reprodução/Montagem/Fatos da Tv)
Apresentadora da Record passou por um trauma terrível em sua vida (Foto Reprodução/Montagem/Fatos da Tv)

Apresentadora da Record relatou um trauma impactante por qual passou e relato comoveu o país

Atualmente apresentando o “Domingo Espetacular”, da Record, Carolina Ferraz  no passado precisou lidar com uma das maiores dores da sua vida. Ela perdeu o pai, de forma brutal, quando tinha apenas 14 anos de idade

Carolina Ferraz passou por uma terrível tragédia no passado que marcou sua vida para sempre (Foto Reprodução/Internet)
Carolina Ferraz passou por uma terrível tragédia no passado que marcou sua vida para sempre (Foto Reprodução/Internet)

Em entrevista para o Link Podcast, comandado pelo jornalista Reinaldo Gottino, seu colega na Record TV, pelo  YouTube, ela recordou essa terrível história:

“Meu pai foi assassinado com seis tiros. Uma história muito violenta, trágica… Estouraram a cabeça do meu pai, uma loucura! Ele teve que ser enterrado com caixão fechado!” – Contou Carolina Ferraz

Carolina Ferraz atualmente apresenta o "Domingo Espetacular" na Record (Foto Reprodução/R7)
Carolina Ferraz atualmente apresenta o “Domingo Espetacular” na Record (Foto Reprodução/R7)

A identidade do assassino nunca foi esclarecida de fato e devido a isso, Carolina Ferraz comentou de forma breve sobre o criminoso que tirou a vida do seu pai:

“Foi um ex-sócio do meu pai, que devia dinheiro a ele. Aí começaram a se desentender por causa desse pagamento”, disse. “O cara [o assassino] não está vivo, infelizmente. Até infelizmente mesmo, pois não desejo mal nenhum a ninguém. Ele nem sequer foi a julgamento” – Relatou ela inconformada

Carolina Ferraz e Gottino durante entrevista em podcast (Foto Reprodução/Internet)
Carolina Ferraz e Gottino durante entrevista em podcast (Foto Reprodução/Internet)

Carolina Ferraz ainda expôs como a família lidou com a tragédia: “Minha mãe ficou muito mal, meu irmão e minha irmã também. Cada um reagiu de um jeito. Eu chorei muito. Como era pequena, pude viver um luto – talvez a única da família”.

Gottino ficou nitidamente comovido após o desabafo de Carolina Ferraz, e  fez questão de destacar sua admiração pela apresentadora que também é atriz. Ele aproveitou para declarar que por mais que ela tenha um trauma causado por essa tragédia, ela ainda consegue passar muita luz e lucidez ao falar sobre esse assunto tão doloroso ao público.

“Gottino eu tô aqui pra falar com você e nós podemos falar sobre tudo” – Declarou Carolina

 

Lennita Lee

Autor(a):

Lennita Lee

Meu nome é Lennita Lee, tenho 32 anos, nasci e cresci em São Paulo. Viajei Brasil afora, e voltei para essa cidade, afim de recomeçar a minha vida. Sou formada em moda pela instituição "Anhembi Morumbi" e sempre gostei de escrever. Minha maior paixão sempre foi a dramaturgia Também sou viciada em grandes produções latino americanas e mundiais. A arte é o que me move ....