Apresentadora toma banho na Globo após passar 84 horas sem luz


Apresentadoras do Encontro (Foto: Reprodução, Globo)

São Paulo vem enfrentando a falta de energia elétrica desde a semana passada, por isso apresentadora ficou 84 horas sem banho

Tati Machado apresentou o “Encontro” na semana passada, enquanto Patrícia Poeta viajou até o Rio Grande do Sul para ficar com o pai, que estava hospitalizado. Nesta terça-feira (07), Tati voltou a ser destaque no programa ao relatar o perrengue que vem enfrentando.

Depois de ficar 84 horas sem luz em casa, devido à forte chuva que atingiu São Paulo recentemente, ela disse que precisou tomar banho na Globo, antes de aparecer no “Encontro” e também no “Mais Você”.

Ana Maria Braga viajou para Dubai, e quem está apresentando o programa é Talitha Morete e Fabrício Battaglini. A dupla conversou com Tati Machado, e ela deu mais detalhes sobre o perrengue que tem enfrentado.

Apresentadora Tati Machado (Foto: Reprodução, Instagram)
Apresentadora Tati Machado (Foto: Reprodução, Instagram)

É difícil, muito ruim. Se para mim, que tenho todos os privilégios, é ruim… Isso me fez refletir muito. Tem pessoas que passam muito mais perrengue do que eu“, desabafou a apresentadora. Ela explicou que a energia elétrica só voltou na manhã desta terça-feira, dia 7.

Mas devido à falta de luz, Tati também ficou sem água e teve que ir tomar seu banho na Globo. “Eu lavei o cabelo aqui na Globo hoje, porque eu tomava banho gelado. Ficava com preguiça de esquentar e entrava de uma vez, como se estivesse numa cachoeira. Ontem eu precisava de um banho quente, mas não tem água, então tenho que economizar“, completou.

Tati Machado, co-apresentadora do "Encontro" na Globo (Foto: reprodução/ Globo)
Tati Machado, co-apresentadora do “Encontro” na Globo (Foto: reprodução/ Globo)

Comunicado da Enel

Tati usou as redes sociais para lamentar a falta de energia em São Paulo há tantos dias. Ela até chegou a cogitar a possibilidade de contratar um caminhão-pipa para ter água em casa.

Em São Paulo, cerca de 200 mil pontos ainda estão enfrentando falta de energia, mas a Enel afirmou que o problema será resolvido definitivamente ainda hoje.