Astro do SBT morreu de maneira fulminante e parentes se matam até hoje por herança deixada


Ator era muito famoso no SBT (Foto: Reprodução/ Montagem TV Foco)
Ator era muito famoso no SBT (Foto: Reprodução/ Montagem TV Foco)

Herdeiros de astro do SBT brigaram na justiça por herança deixada e justiça tomou decisão sobre união estável

Em  uma época ainda mais conservadora do que a que vivemos hoje, o astro do SBT Jorge Lafond se tornou uma das figuras mais populares da mídia durante as décadas de 1980 e 1990.

Assim, negro e homossexual, o ator também era bailarino e ganhou fama vivendo o personagem Vera Verão, muito presente até hoje na memória dos brasileiros.

Dessa forma, com carisma, talento e irreverência, Lafond abriu portas no entretenimento para muitas pessoas lgbtqia+, principalmente para aqueles que, assim como ele, não eram brancos.

Todavia, o artista virou inspiração e símbolo de resistência, apesar de ter partido cedo demais.

Ator Jorge Lafond como Vera Verão (Foto: Reprodução/ SBT)
Ator Jorge Lafond como Vera Verão (Foto: Reprodução/ SBT)

Em síntese, Jorge Lafond morreu de infarto fulminante após sofrer falência múltipla dos órgãos no dia 11 de janeiro de 2003.  Contudo,  em 17 de novembro do ano anterior, ele foi internado em estado grave com problemas cardíacos.

No dia 28 do mês seguinte, sofreu uma parada cardiorrespiratória e desenvolveu uma crise renal, comprometendo de vez seu estado de saúde. O artista faleceu em São Paulo, aos 50 anos de idade.

Herança deixada pelo astro  Jorge Lafond virou motivo de briga judicial

Ademais, o Tribunal de Justiça de São Paulo derrubou uma decisão de novembro do ano passado que reconhecia união estável entre Jorge Lafond, e seu empresário, Marcelo Pádua.

Contudo,  os autores da ação que visou anular o entendimento de união entre os dois são três primos de Jorge Lafond, tidos como herdeiros do ator.

Então, os desembargadores do TJ-SP concluíram que, ainda que não faltem provas de que os dois tinham um caso, a relação afetiva não se configurava como união estável, de acordo com o Código Civil.

Assim, para os magistrados, não há, também, provas de que os dois residiam no mesmo endereço. Marcelo Pádua morreu em 2020.

Em síntese, os primos do ator seriam os herdeiros do valor de três seguros de vida de Lafond que somariam cerca de R$ 800 mil. O artista também deixou como herança uma casa em Mairiporã, comprada por ele.

Jorge Lafond (Foto: Reprodução/ SBT)
Jorge Lafond (Foto: Reprodução/ SBT)
Bruna Alves

Autor(a):

Bruna Alves

Eu sou Bruna Alves, redatora de notícias da televisão e celebridades desde 2016, com passagens em alguns sites da área ao logo desse tempo. No FATOS DA TV, trago notícias com credibilidade e responsabilidade aos leitores, relembrando acontecimentos passados da TV e dos famosos, mas também deixando os leitores atualizados com assuntos da atualidade.