Astrud Gilberto, ícone da bossa nova no mundo, morre aos 83 anos


Astrud Gilberto morre aos 83 anos (Foto: Reprodução, Internet)
Astrud Gilberto morre aos 83 anos (Foto: Reprodução, Internet)

Voz de uma das versões mais famosa de Garota de Ipanema, Astrud Gilberto morreu sem nunca ter ganhado pelos créditos da canção

Qualquer pessoa do mundo que quiser conhecer o Brasil inevitavelmente ouvirá a voz de Astrud Gilberto. A cantora, que morreu nessa segunda-feira (5), aos 83 anos, foi a intérprete da versão em inglês para Garota de Ipanema, canção que projetou a Bossa Nova mundialmente e se tornou símbolo do Brasil.

Nascida em Salvador, Astrud Evangelina Weinert se mudou para o Rio de Janeiro ainda menina, onde se tornou amiga de Nara Leão, por intermédio de quem conheceu diversos artistas e produtores culturais da época. A cantora se tornou Astrud Gilberto após o casamento com o pai da Bossa Nova, João Gilberto, em 1959.

Cantora Astrud Gilberto (Foto: Reprodução, Internet)
Cantora Astrud Gilberto (Foto: Reprodução, Internet)

Contudo, a união durou apenas cinco anos e gerou um filho, o também músico Marcelo Gilberto. Graças a sua interpretação de “Girl from Ipanema”, Astrud se tornou a primeira mulher a ganhar o Grammy de Música do Ano, ao lado de Stan Getz, em 1965. A música é considerada a segunda mais executada no mundo, e chegou a ficar duas semanas na quinta posição de mais tocadas da Billboard nos Estados Unidos.

Quanto a cantora ganhou pela gravação de Garota de Ipanema?

Com a música composta por Tom Jobim, a cantora vendeu mais de cinco milhões de cópias e popularizou a bossa nova ao redor do mundo. O que deveria ser uma história edificante, no entanto, se tornou o triste caso de uma jovem tímida que foi explorada e manipulada. Enganada por uma indústria musical dominada por homens e movida por “lobos que se fazem passar por ovelhas”, como a própria afirmou por fim.

Cantora Astrud Gilberto (Foto: Reprodução, Internet)
Cantora Astrud Gilberto (Foto: Reprodução, Internet)

Contudo, a dimensão da injustiça financeira fica clara no livro “Chega de saudade: a história e as histórias da Bossa Nova”, de Ruy Castro. O jornalista detalha que João Gilberto recebeu US$ 23 mil por seu trabalho no álbum. Getz ficou com a maior parte do dinheiro gerado pelo álbum, estimado em quase US$ 1 milhão. Então na época, o saxofonista lucrou tanto com o sucesso que comprou imediatamente uma mansão de 23 quartos em Irvington, em Nova York.

A morte da cantora foi confirmada pela família da cantora nas redes sociais, mas sem maiores detalhes.