Ator com câncer no cérebro, desabafou sobre toda a situação: “Positividade não cura”


Ator com câncer no cérebro desabafou sobre toda a situação (Foto: Reprodução, Internet)
Ator com câncer no cérebro desabafou sobre toda a situação (Foto: Reprodução, Internet)

Conhecido no mundo todo por seus grandes papéis, ator tem vivido momentos difíceis enquanto luta contra um câncer na cabeça

Totalmente triste com toda a situação, esse ator não tem medo de esconder o que sente. Após descobrir um câncer no cérebro, ele lutou por sua vida constantemente e se questiona onde ser positivo ajudou ele durante esse tempo.

O ator australiano Johnny Ruffo, que estrelou na novela “Home and Away”, falou sobre o seu tratamento contra um câncer no cérebro. Para o programa de rádio de Fitzy and Wippa, o artista, de 34 anos, se diz infeliz e com raiva da situação.

Ator Johnny Ruffo (Foto: Reprodução)
Ator Johnny Ruffo (Foto: Reprodução)

“Definitivamente não estou feliz com isso. Estou com raiva disso. Há tantas emoções que eu sinto sobre… estou com raiva. Estou triste. Eu estou… há tantos sentimentos que estão apenas enrolados. Às vezes você não sabe o que sentir. Estou triste”, admitiu Johnny Ruffo, explicando que muitas vezes se sente indignado com mensagens que recebe por meio das redes sociais de pessoas que pedem para que ele seja “positivo”.

O duro processo

“Isso realmente me irrita, porque a positividade não cura o câncer. Eu sou a pessoa mais positiva que existe. E eu fico tipo, você acha que eu não estou sendo positivo? E se eu morrer, é porque não fui positivo?”, questionou. Apesar dos momentos difíceis, Ruffo explica que tem alguns momentos bons, especialmente os que passa com a namorada, Tahnee Sims, e que tenta “encontrar a bondade e a alegria em cada pequeno momento”. Contou o ator Johnny Ruffo.

Ator Johnny Ruffo (Foto: Reprodução)
Ator Johnny Ruffo (Foto: Reprodução)

Em outra parte da entrevista, Johnny Ruffo criticou a imprensa australiana por uma nota em que dizia que ele havia “prometido” esperar até o Natal para poder ver seu irmão, que voltará da Irlanda para as férias.

“Meu irmão mora na Irlanda agora, e eu não o vejo há três anos. Ele voltará para casa no Natal e eu mal posso esperar para vê-lo”, disse Ruffo ao veículo australiano Seven, que publicou a entrevista com a manchete “Com doença terminal, Johnny Ruffo promete estar vivo para a chegada emocionante do Natal”. Disse Johnny Ruffo por fim.