Ator da Globo partiu antes de receber fortuna inacreditável pela qual lutou por décadas


Ator morreu sem receber indenização milionária. (Foto: reprodução/Montagem/Fatos da TV)
Ator morreu sem receber indenização milionária. (Foto: reprodução/Montagem/Fatos da TV)

Estrela da Globo por muitos anos, Flávio Migliaccio venceu processo e tinha direito a uma indenização milionária, mas morreu sem receber o valor

Flávio Migliaccio, um dos renomados artistas da Globo, veio a óbito sem conseguir resolver uma disputa legal que ele tinha contra uma emissora. O experiente ator ficou profundamente abalado após perder um dos projetos mais importantes de sua carreira.

Embora tenha vencido o processo no valor de R$ 33 milhões, o veterano não recebeu o montante e sua família continua batalhando para obter a compensação. A ação movida por Flávio Migliaccio contra a TVE dizia respeito à destruição das fitas da série “As Aventuras de Tio Maneco”, dos anos 80, na qual o artista era o protagonista.

Mais de 400 episódios foram descartados. Sylvio Guerra, conhecido como o “advogado das estrelas”, obteve a vitória no caso, mas era necessário que um especialista avaliasse o valor da indenização. A ACERP (Associação de Comunicação Educativa Roquette Pinto) assumiu a responsabilidade após o término da TVE e solicitou uma revisão do processo.

Ator Flávio Migliaccio. (Foto: reprodução/Globo)
Ator Flávio Migliaccio. (Foto: reprodução/Globo)

Ator morreu sem receber nada do processo

O especialista encarregado de analisar o caso estimou que uma emissora que transmitisse a série poderia gerar mais de R$ 82 milhões se fosse exibida apenas uma vez. As reprises de “Chaves” e “Chapolin” foram usadas como base nos cálculos. O processo ainda está pendente na Justiça e a família de Flávio Migliaccio ainda não recebeu a compensação até o momento.

Em 2020, o ator cometeu suicídio, de acordo com as investigações policiais. Ele foi encontrado sem vida aos 85 anos em uma propriedade rural no interior do Rio de Janeiro, onde residia, juntamente com uma carta de despedida e uma corda. O veterano possui uma extensa lista de trabalhos notáveis em sua carreira, destacando-se pelo papel de Seu Chalita em “Tapas & Beijos”, na Globo.