Ator da Globo perdeu tudo, foi morar na rua e acabou preso por roubo: “Estão fechando as portas”


Thiago Baldini atuou em algumas novelas da Globo. (Foto: reprodução)
Thiago Baldini atuou em algumas novelas da Globo. (Foto: reprodução)

Na TV, existem inúmeros casos de atores que viviam um momento consolidado na carreira, mas que por alguma razão, acabaram perdendo tudo e enfrentando uma situação bastante delicada. Foi o que aconteceu com o ex-ator da Globo Thiago Baldini.

O famoso integrou o elenco de algumas novelas recentes da emissora carioca, como Êta Mundo Bom (2016) e Liberdade Liberdade (2016). Ele ainda chegou a aparecer em folhetins da Record, como Os Dez Mandamentos (2015) e A Terra Prometida (2017). Porém, a partir de 2018, o ator passou a receber menos oportunidades para novos trabalhos, entrou em depressão e acabou caindo em um buraco gigantesco na sua vida.

A situação difícil fez o artista deixar o Rio de Janeiro e se mudar para uma cidade de Rondônia, onde chegou a flagrado pedindo dinheiro nos semáforos. Foi nesse período que ele chamou a atenção de programas de TV e concedeu algumas entrevistas explicando melhor a sua situação.

Thiago Baldini ao lado de Mateus Solano na Globo. (Foto: reprodução)
Thiago Baldini ao lado de Mateus Solano na Globo. (Foto: reprodução)

Ex-ator da Globo chegou a ser preso por roubo

Em uma participação no programa Você na TV, comandado por João Kleber, na RedeTV!, o ator explicou que vinha desfrutando de muita coisa na sua vida, mas de repente, parou de receber convites para novelas. “Eu tinha carro, dinheiro, frequentava os melhores restaurantes, viajava por todos os países, os melhores hotéis… Eu tinha a melhor profissão! Mas estão fechando as portas na minha cara”, relatou.

A situação de Thiago chegou a comover João Kleber, que fez um convite para que ele atuasse em pegadinhas do seu programa. O ator permaneceu na emissora até meados de 2019, mas após ficar viúvo, largou tudo e voltou ao anonimato. Assim, a situação do artista piorou ainda mais, com ele voltando a morar na rua e até sendo preso por tentar roubar o celular de um padre em uma paróquia que o ajudava.