Ator de Mar do Sertão, da Globo, defende uso de drogas: “É ótimo se drogar”


Mar do Sertão, da Globo
Mar do Sertão, da Globo (Foto: Globo)

Quem acompanha a novela “Mar do Sertão”, da TV Globo, já deve ter se divertido com as trapalhadas do prefeito Sabá Bodó, interpretado por Welder Rodrigues.

Com uma carreira de sucesso, o ator já divertiu o público com seus personagens engraçados. No entanto, Welder já falou sobre um assunto polêmico: drogas.

Ator da Globo fala sobre drogas

Welder Rodrigues como Sabá Bodó, de Mar do Sertão, da Globo
Welder Rodrigues como Sabá Bodó, de Mar do Sertão (Foto: Globo)

Durante o programa A Máquina, da TV Gazeta, em 2013, Welder Rodrigues foi entrevistado e falou sobre consumo de drogas. Sem pestanejar, Welder defendeu o direito de usar substâncias entorpecentes.

“Todo mundo tem o direito de se entorpecer. O discurso tem que mudar urgentemente. Não é ruim, é ótimo se drogar”, declarou o ator da Globo.

A fala de Welder foi exibida pelo talk-show e repercutiu na mídia, já que ele estava no ar no Zorra Total e em preparação para o Tá no Ar: A TV na TV, ambos da TV Globo.

Anitta e Ludmilla também já falaram sobre uso de drogas

Com uma grande base de fãs e visibilidade, Anitta já saiu em defesa da legalização das drogas, destacando que a guerra contra as drogas afeta a população mais carente no país.

“Acho que proibir as drogas não faz com que as pessoas parem de usar. Em vez de estarem colaborando com essa guerra na favela – que só mata o pobre, gente que não tem nada a ver com isso, e só deixa rico esse povo que não paga imposto e que lava dinheiro, tinha que virar empresa, gerar emprego’, declarou.

Ademais, Ludmilla usou os Estados Unidos como exemplo para uma política de legalização. “Brasileiro idolatra a galera lá de fora, diz que os americanos são muito bons, e lá a parada é legalizada com organização. A loja que vende parece a Apple”, disse a cantora em entrevista à Marie Claire em 2020.

“Você só entra com cadastro, tem um iPad do lado de cada planta que diz se causa relaxamento etc. Chegou a hora de o Brasil dar um start e estudar uma maneira correta de fazer a coisa. Muita gente de paletó vai perder dinheiro, o probleminha está aí”, completou a cantora.