Ator de O Cravo e a Rosa morreu com mágoa da Globo após ser enganado pela emissora


Ator de O Cravo e a Rosa morreu com mágoa da Globo após ser enganado pela emissora (Foto: Reprodução)
Ator de O Cravo e a Rosa morreu com mágoa da Globo após ser enganado pela emissora (Foto: Reprodução)

Com um currículo invejável dentro da Globo, ator da novela O Cravo e a Rosa se foi guardando muita mágoa da sua antiga emissora

Considerado uma da grandes estrelas brasileiras, tendo mais de 50 anos de carreira, ator da Globo rompeu o silêncio e já admitiu não querer mais trabalhar em novelas.

Aos 74 anos de idade, essa estrela contou tudo em uma entrevista ao Jornal Extra. Para os que não se lembram, ela interpretou conhecidos personagens em grandes novelas como O Cravo e a Rosa e Vale Tudo.

“Estou bem, disposto. Nunca fiquei inválido, absolutamente. Podem me mandar convites, que eu aceito, conforme for. Já houve um tempo em que eu fazia teatro e novela ao mesmo tempo. Cheguei ao ponto de apresentar uma peça em Portugal e voltar correndo pra gravar cenas no Rio. Agora não quero mais. Prefiro obras menores, porque novela são dez meses de batalha. E eu não sou mais um menino, né?” Afirmou a grande estrela Pedro Paulo Rangel.

Pedro Paulo Rangel e Suely Franco em "O Cravo e a Rosa" (Foto: Divulgação/Globo)
Pedro Paulo Rangel e Suely Franco em “O Cravo e a Rosa” (Foto: Divulgação/Globo)

Na trama de Walcy Carrasco, o personagem de Calixto era tio de Lindinha (Vanessa Gerbelli) e trabalhava na fazenda de Petruchio (Eduardo Moscovis). Era responsável pela fabricação dos queijos e visto como quase um pai para Petruchio.

Estrela contou sobre seu profundo arrependimento

Pedro também comentou sobre como é lidar com uma doença pulmonar crônica. Além disso, o famoso expôs um grande arrependimento.

O ator Pedro Paulo Rangel durante peça (Foto: Gisela Schlogel/Divulgação)
O ator Pedro Paulo Rangel durante peça (Foto: Gisela Schlogel/Divulgação)

“Eu consigo levar a vida muito bem, desde que esteja medicado. Faço fisioterapia, atividades físicas com um personal. Se tem algo de que eu me arrependa profundamente é de ter começado a fumar. Se vejo um fumante, digo: ‘Não faça isso, espelhe-se no meu caso’. Aí conto umas coisas tristes pra impressioná-lo. Hoje em dia, eu só sou viciado em séries, adoro!”, declarou o ator da Globo por fim.