Ator de O Rei do Gado foi encontrado morto após sumir da TV: “Morreu de tristeza”


Antônio Pompêo integrou o elenco de O Rei do Gado. (Foto: reprodução)
Antônio Pompêo integrou o elenco de O Rei do Gado. (Foto: reprodução)

Sucesso na Globo, a novela O Rei do Gado, que está atualmente em reprise na emissora, apresentou diversos talentos que acabaram tomando rumos inesperados após o fim da trama. Antônio Pompêo é um exemplo disso.

Na trama escrita por Benedito Ruy Barbosa, o ator deu vida a Dominguinhos, um dos integrantes do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) que aparece na história ocupando as terras do protagonista Bruno Mezenga, vivido por Antonio Fagundes.

Pompêo estreou na TV ainda em 1975, mas raramente emplacou uma sequência de trabalhos ao longo da sua carreira. Depois de O Rei do Gado, o ator integrou o elenco de Pecado Capital (1998) e A Casa das Sete Mulheres (2003). Até que, em 2005, ele se transferiu para a Record, onde fez novelas de sucesso, como Prova de Amor (2005), Chamas da Vida (2008), Rebelde e Balacobaco (2012), que acabou sendo seu último trabalho.

Pompêo acabou falecendo no dia 5 de janeiro de 2016, aos 62 anos. O seu corpo foi encontrado sem vida no apartamento onde ele morava, em Guaratiba, no Rio de Janeiro.

Ator Antônio Pompêo. (Foto: reprodução)
Ator Antônio Pompêo. (Foto: reprodução)

Ator de O Rei do Gado vinha tendo poucas oportunidades

A morte de Antônio Pompêo gerou bastante comoção entre os colegas que tiveram a oportunidade de trabalhar com ele, inclusive os da época de O Rei do Gado. Houveram, inclusive, algumas críticas públicas e desabafos de outros atores pelo fato de Pompêo não ter tido muitas oportunidades na carreira nos seus últimos anos de vida, e que isso, inclusive, poderia ter provocado a sua morte, por tristeza.

“Não teve o grande reconhecimento que merecia, e acho que morreu de tristeza. Tínhamos uma relação que não tinha nome. […] Pompêo foi um grande amigo, companheiro, irmão. […] Meu amigo estava recluso, deprimido com a falta de oportunidades de trabalho. Essa é a realidade”, desabafou a atriz Zezé Motta em entrevista ao Jornal da Tarde.