Ator de O Rei do Gado pensou em tirar a própria vida após sofrer acidente na Globo


Carlos Vereza está no ar em O Rei do Gado. (Foto: reprodução/Montagem/Fatos da TV)
Carlos Vereza está no ar em O Rei do Gado. (Foto: reprodução/Montagem/Fatos da TV)

No ar em O Rei do Gado, Carlos Vereza sofreu acidente durante gravação de série da Globo

Carlos Vereza, conhecido por estrelar diversas novelas de sucesso, como “O Cravo e a Rosa” e “O Rei do Gado”, está atualmente no ar na reprise desta última na Globo, onde dá vida ao Senador Caxias. No entanto, o veterano enfrentou um grande problema nos bastidores de uma série que gravou no canal.

Durante a gravação de “Delegacia de Mulheres” em 1990, um tiro que deveria ter sido apenas um efeito especial acabou causando uma lesão grave dentro do ouvido do ator. Isso desencadeou uma labirintite, doença que causa tonturas e enjoos, e o levou a ter que parar de trabalhar.

Carlos Vereza chegou a ser internado em várias clínicas e os médicos disseram que não havia solução para a sua condição. Desesperado, o artista, que não tinha nenhuma religião, começou a se aproximar do espiritismo para tentar aliviar a dor interna.

Ele contou em entrevista à Folha de S. Paulo: “Fiquei com labirintite e tive que parar de trabalhar, o que me levou à depressão. Procurei o centro Frei Luiz, indicado por uma tia católica que me disse que um primo havia sido curado lá de leucemia. Em sete meses, eles me curaram”.

Carlos Vereza em O Rei do Gado. (Foto: reprodução/Globo)
Carlos Vereza em O Rei do Gado. (Foto: reprodução/Globo)

Ator pensou em tirar própria vida

Durante a fase mais difícil, Carlos Vereza admitiu que pensou em cometer suicíd*. No entanto, com o tempo, o ator se recuperou e voltou a trabalhar em grandes novelas da Globo, como “O Cravo e a Rosa”.

Mais recentemente, o veterano enfrentou críticas após manifestar apoio público à candidatura de Jair Bolsonaro. Ele defendeu Regina Duarte, que se tornou ministra da Cultura do governo por um tempo, mas recebeu ataques de José de Abreu por isso.

Carlos Vereza atualmente. (Foto: reprodução/Globo)
Carlos Vereza atualmente. (Foto: reprodução/Globo)

O ator chegou a se arrepender de ter apoiado o presidente e afirmou que acredita em Sérgio Moro para as eleições de 2022. Apesar das dificuldades, Carlos Vereza tem um currículo repleto de grandes novelas, como “Selva de Pedra” (1972), “Pátria Minha” (1994) e “O Rei do Gado” (1996).