Ator de O Rei do Gado sumiu da TV e morreu de tristeza: “Não teve o reconhecimento que merecia”


Antônio Pompêo integrou o elenco de O Rei do Gado. (Foto: reprodução/Montagem)
Antônio Pompêo integrou o elenco de O Rei do Gado. (Foto: reprodução/Montagem)

Antônio Pompêo integrou o elenco de O Rei do Gado na Globo

A novela O Rei do Gado, que está sendo reprisada atualmente na Globo, foi um grande sucesso e lançou diversos talentos que acabaram tomando caminhos inesperados após o fim da trama. Um deles foi Antônio Pompêo.

Na obra de Benedito Ruy Barbosa, o ator interpretou Dominguinhos, um dos membros do MST que ocupava as terras do personagem de Antonio Fagundes. Pompêo começou na TV em 1975, mas não conseguiu se manter em sequência de trabalhos ao longo de sua carreira.

Após O Rei do Gado, ele participou de outras novelas, como Pecado Capital (1998) e A Casa das Sete Mulheres (2003). Em 2005, mudou-se para a Record e fez parte do elenco de produções bem-sucedidas, como Prova de Amor (2005), Chamas da Vida (2008), Rebelde e Balacobaco (2012), este último sendo seu último trabalho.

Pompêo faleceu em 5 de janeiro de 2016, aos 62 anos, deixando muitos colegas de trabalho tristes. Seu corpo foi encontrado em seu apartamento em Guaratiba, no Rio de Janeiro.

Ator Antônio Pompêo. (Foto: reprodução)
Ator Antônio Pompêo. (Foto: reprodução)

Ator não teve grandes oportunidades

A morte de Antônio Pompêo provocou grande comoção entre seus colegas de trabalho, inclusive aqueles que trabalharam com ele em O Rei do Gado. Alguns atores fizeram críticas públicas e desabafos sobre a falta de oportunidades de trabalho para Pompêo nos últimos anos de sua vida, o que poderia ter contribuído para a sua morte.

Veja também: Ex-chiquititas se vê na pindaíba e começa a criar conteúdo adulto para ganhar dinheiro: “Me traziam cesta básica”

“Acho que ele merecia mais reconhecimento e acredito que morreu de tristeza. Nós tínhamos uma relação muito especial. Pompêo foi um grande amigo, companheiro, irmão. Meu amigo estava recluso, deprimido pela falta de oportunidades de trabalho. Essa é a realidade”, afirmou a atriz Zezé Motta em entrevista ao Jornal da Tarde.