Que fim levou

Galã desistiu de carreira brilhante na Globo para cuidar de fortuna e acabou morrendo sozinho


Galã da Globo abandonou a tv para cuidar dos negócios (Foto: Reprodução/ Globo)

O artista arrancou muitos suspiros em meados das décadas de 70 e 80 e chegou a ser considerado um dos homens mais lindos da Globo daquela época

O ator da Globo, João Paulo Adour da Câmara, nasceu no Rio de Janeiro no dia 07 de Novembro de 1940.

Seu pai, Jayme Adour da Câmara (1898-1964), era um homem das letras e sua mãe, Leonor Pereira, uma elegante dama da sociedade. Seu único irmão foi o cronista Carlos Leopoldo (1938-2004).

Então, João Paulo Adour estreou profissionalmente nos palcos em 1962, na peça Família Pouco Família. Assim,  conquistando, de cara, o prêmio de ‘Ator Revelação’ pela Associação Brasileira de Críticos Teatrais.

Na televisão, estreou em 1969, na TV Tupi do Rio, na novela “Um Gosto Amargo de Festa”. No mesmo ano já estava na TV Globo, integrando o elenco de A Ponte dos Suspiros, de Dias Gomes.

Do mesmo autor, atuou ainda em “Verão Vermelho” (1970), “Assim Na Terra” Como no Céu (1971), “Bandeira 2” (1972) e “O Bem Amado” (1973).

Veja também

João Paulo Adour e a atriz Sônia Clara Ghivelder (Foto: Reprodução/ Globo)
João Paulo Adour e a atriz Sônia Clara Ghivelder (Foto: Reprodução/ Globo)

Artista não gostava do rótulo de galã

Então, destacou-se também na primeira versão de Selva de Pedra (1972), como par romântico de Sônia Braga,  em Gabriela (1975) como o dentista Dr. Osmundo, em O Grito (1975), Dona Xepa (1977), As Três Marias  (1980).

Também atuou em Olhai os Lírios do Campo (1980) e Brilhante (1981).  Seu último trabalho em telenovelas foi Novo Amor, na TV Manchete em 1986.

Embora, tenha se tornado um dos mais queridos galãs de novelas dos anos 1970 e 1980, Adour não gostava do rótulo de galã.

Porém, sua imagem de homem bonito e os papéis que lhe eram oferecidos nas novelas automaticamente o colocavam nessa posição.

Assim, no final dos anos 1980 o ator abandonou a carreira artística para dedicar-se à administração de seus negócios particulares.

Dessa forma, o artista acabou ficando na lembrança daqueles que tiveram o privilégio de assistir aos seus trabalhos, a sua bela imagem e a inegável qualidade do seu desempenho por quase duas décadas nas novelas da Globo.

Por fim, João Paulo Adour foi encontrado morto, aos 77 anos de idade,  em seu apartamento, onde morava sozinho,  no Rio de Janeiro, no dia 03 de Setembro de 2018, provavelmente vítima de um infarto.

Ator João Paulo Adour (Foto: Reprodução/ Globo)
Ator João Paulo Adour (Foto: Reprodução/ Globo)

Autor(a):

Eu sou Bruna Alves, redatora de notícias da televisão e celebridades desde 2016, com passagens em alguns sites da área ao logo desse tempo. No FATOS DA TV, trago notícias com credibilidade e responsabilidade aos leitores, relembrando acontecimentos passados da TV e dos famosos, mas também deixando os leitores atualizados com assuntos da atualidade.