Ator do Castelo Rá-Tim-Bum teve arma de verdade apontada para a cabeça, mas foi salvo pelo seu personagem


Elenco do Castelo Rá-Tim-Bum. (Foto: reprodução/Matra Cultural)
Elenco do Castelo Rá-Tim-Bum. (Foto: reprodução/Matra Cultural)

Dr. Abobrinha do Castelo Rá-Tim-Bum, Pascoal da Conceição foi salvo de assalto pelo seu personagem na série

O Castelo Rá-Tim-Bum é considerado por muitos a maior atração infantil da história da televisão brasileira, formando uma geração de crianças e atingindo um grande sucesso mesmo indo ao ar na TV Cultura, que não tinha o mesmo alcance das grandes emissoras do Brasil.

Uma das estrelas do programa era Pascoal da Conceição, que deu vida ao vilão Dr. Pompeu Pompilho Pomposo, o Dr. Abobrinha, um corretor imobiliário que se disfarçava para tentar enganar Nino (Cassio Scapin) e os outros moradores do castelo, para assinarem um contrato de venda do local e transformar o espaço em um edifício de 100 andares.

O ator contou que conquistou o papel para o personagem de forma totalmente impensada, ao acompanhar um amigo que iria fazer um teste para o programa e decidiu participar de última hora. O fato de ser careca contribuiu muito para que o criador da série, Cao Hamburger, o escolhesse, pois facilitaria bastante para o figurino, já que seu personagem utilizava vários disfarces.

Pascoal da Conceição como o Dr. Abobrinha. (Foto: reprodução/TV Cultura)
Pascoal da Conceição como o Dr. Abobrinha. (Foto: reprodução/TV Cultura)

Personagem salvou ator de assalto

Em uma recente entrevista, Pascoal contou que a fama no Castelo Rá-Tim-Bum já fez com que ele fosse salvo de uma situação bastante perigosa, mas de forma inusitada. “Estava muito calor, eu estava indo fazer uma gravação, entrei no carro e abri a janela para arejar. Na contramão veio um cara branquinho, com um óculos esquisito, meio parecido com o Darth Vader. Ele pegou uma pistola e colocou dentro do carro”, revelou.

O ator contou que só se deu conta de que estava sendo vítima de um assalto, quando o bandido pediu que ele lhe entregasse todos os seus bens, como um notebook, um celular e até um microfone. O criminoso, no entanto, estranhou os objetos e questionou o que ele fazia.

Ator Pascoal da Conceição. (Foto: reprodução/Observatório do Teatro)
Ator Pascoal da Conceição. (Foto: reprodução/Observatório do Teatro)

“Falei: ‘Eu sou ator… Eu sou o Doutor Abobrinha, do Castelo Rá-Tim-Bum!. Ele me pediu perdão, falou para eu ficar com Deus e para continuar fazendo a alegria das crianças”, contou.