Grande ator da Globo, não teve chance de acabar novela e acabou partiu cedo demais vítima de um aneurisma


Ator não teve a chance de acabar novela da Globo (Foto: reprodução/Globo)
Ator não teve a chance de acabar novela da Globo (Foto: reprodução/Globo)

Ator que fez parte de várias produções de sucesso da Globo, faleceu quando participava de novela da emissora ainda fase de gravações

O ator Luiz Carlos Tourinho faleceu no dia 21 de janeiro de 2008, aos 43 anos, em função da ruptura de um aneurisma cerebral. Comediante, diretor teatral, fez parte de vários projetos da Globo. Tourinho era considerado um multiartista.

Na época, o ator estava no ar em “Desejo Proibido”, novela da  Globo, na qual vivia o personagem fofoqueiro Nezinho.

Na época, o elenco ficou abalado com a perda repentina do colega, e a produção preparou uma linda despedida para o personagem.

Contudo, não era a primeira vez que Tourinho sofreu com problemas cerebrais: em 2005, acabou internado no Centro de Terapia Intensiva (CTI), por conta do rompimento de um vaso do cérebro, que ocasionou uma hemorragia.

Luiz Carlos Tourinho (Foto: reprodução/Globo)
Luiz Carlos Tourinho (Foto: reprodução/Globo)

O ator participou de diversas obras de sucesso

Ademais, a primeira peça infantil que o artista encenou aconteceu em 1982. Intercalando tramas para adultos e crianças. Então, em 1988, arriscou-se pela primeira vez na direção.

Contudo, como ator em companhia de Flávio Marinho fez “Os Sete Brotinhos” e “Coração Brasileiro”. Em 2001, dividiu a cena com as parceiras Heloisa Perissé e Ingrid Guimarães, no mega ssucesso “Cócegas”.

Também, com a dupla, fez muita gente rir como o garçom Franco de “Sob Nova Direção”, na Globo. Sua participação na telinha se iniciou com papéis pequenos, principalmente em humorísticos e especiais.

Dessa forma, Tourinho conquistou o coração do público infantil graças à novelinha “Caça Talentos”, em 1998, e aos três filmes da Xuxa em que participou.

Então, no ano seguinte ao sucesso de “Cócegas”, em 2002, o ator entraria no horário nobre, com “Suave Veneno”. Formou dupla hilária com Diogo Villela. Fez ainda “Sai de Baixo”, consagrando-se como humorista conhecido.

Assim, ao longo da carreira, ganhou prêmios por papéis no cinema (no filme “For All”, de Luiz Carlos Lacerda), no teatro e na TV.

Em 2007, Tourinho dirigiu seu último espetáculo teatral, “Tropicanalha”. Ainda dividia seu tempo com um talk-show que apresentava pelo país.

Luiz Carlos Tourinho (Foto: reprodução/Globo)
Luiz Carlos Tourinho (Foto: reprodução/Globo)
Bruna Alves

Autor(a):

Bruna Alves

Eu sou Bruna Alves, redatora de notícias da televisão e celebridades desde 2016, com passagens em alguns sites da área ao logo desse tempo. No FATOS DA TV, trago notícias com credibilidade e responsabilidade aos leitores, relembrando acontecimentos passados da TV e dos famosos, mas também deixando os leitores atualizados com assuntos da atualidade.