Que fim levou

Ator mirim da Globo abandou vida na frente das câmeras para se dedicar a sua paixão


Em 1983, o Brasil se encantou com Paulo Vignolo, ator mirim que interpretou Geninho na novela Pão-Pão, Beijo-Beijo, da TV Globo. Na trama, o jovem era filho de Guido (Mano Benvenutti) e Loreta (Renata Fronzi), tendo desavenças – sempre divertidas – com o tio Gigio (Laerte Morrone).

A diversão era certa e Geninho aprendia com um amigo as brincadeiras do interior, como construir uma casa na árvore. Após o sucesso na novela da Globo, o ator acabou migrando de carreira ao longo dos anos, mas ainda continua com um pé na atuação.

Ator da Globo virou dublador

Paulo Vignolo foi sucesso na novela da Globo, mas acabou mudando de profissão ao longo dos anos. No entanto, sem deixar de lado a atuação.

Como dublador, o ator ficou eternizado em personagens queridos pelos brasileiros. Dessa forma, Paulo emprestou sua voz para Michael Kyle, vivido pelo comediante estadunidense Damon Wayans, na série Eu, a Patroa e as Crianças, exibida pelo SBT.

Outros personagens marcantes dublados pelo ator mirim da Globo são o sapo Kermit, de Os Muppets, e Nelson em Os Simpsons.

Pão-Pão, Beijo-Beijo, da Globo

Na época da novela da Globo, ficou implícito que se tratava de um trocadilho com o famoso ditado popular. Dessa forma, mesmo que não tivesse relação direta, simbolizava a leveza da história.

Ademais, 40 anos depois, o título Pão-Pão, Beijo-Beijo ainda gera dúvidas em parte dos telespectadores, especialmente de quem não conhece o ditado.

Dessa forma, quem assistiu a novela da Globo esperando uma explicação para isso, ficou sem resposta, já que nenhuma menção direta é feita.

Na época da produção da novela, a expressão “pão pão, queijo queijo” era muito popular, significando algo muito claro, muito bem explicado.

Autor(a):