Ator precisou ser amarrado após tentar beijar Pelé em avião: “Retirado da aeronave”


Ator precisou ser amarrado após tentar beijar Pelé em avião (Foto: Reprodução)
Ator precisou ser amarrado após tentar beijar Pelé em avião (Foto: Reprodução)

Ainda em vida, Pelé teve que enfrentar um ator da Globo que tentou lhe beijar dentro do avião gerando um grande tumulto

O mundo do futebol perdeu seu rei. Registrado como Edson Arantes do Nascimento, o mineiro de Três Corações se tornou eterno como Pelé, o melhor jogador de todos os tempos.

Pelé surgiu em Santos — cidade que mudaria sua vida e o mundo a partir dos anos 1950. Aos 17 anos, teve sua primeira convocação para a Seleção. Com esta idade, disputou, ganhou e foi protagonista da Copa do Mundo de 1958, na Suécia. Entrou no time comandado por Vicente Feola nas quartas de final, ao lado de Garrincha (juntos, aliás, jamais perderam um só jogo pelo time nacional). Fez gol contra França, contra País de Gales e contra os donos da casa. E já, naquela idade, foi chamado pela primeira vez por um nome que seria (ou será) conhecido enquanto existir vida na Terra: Rei.

Pelé (Foto: Reprodução)
Pelé (Foto: Reprodução)

Ainda em vida, Pelé passou por um momento bastante constrangedor quando um ator tentou beijá-lo a força.

O Beijo no Rei

Nos anos 90, o famoso ator da Globo, André Gonçalves fez bastante sucesso em A Próxima Vítima, onde deu vida ao personagem Sandrinho. Após isso, ele atuou em outras grandes novelas, a exemplo de Salsa & Merengue, Era Uma Vez…, A Muralha, entre outras. Contudo, no ano de 2001, ele acabou sendo alvo de notícias, não devido aos seus trabalhos na TV e no cinema, mas sim, por conta de uma confusão em um avião.

Ator André Gonçalves (Foto: Reprodução)
Ator André Gonçalves (Foto: Reprodução)

Em primeiro lugar, isso aconteceu há cerca de 20 anos, no interior de um avião, que tinha como destino Nova York, nos EUA. Na época, o ator teria misturado calmante com vinho, o que o deixou alterado e falando alto com os passageiros. Por lá, estavam Pelé e Luana Piovani. Em seguida, ao ver o atleta, André teria obrigado ele a ir até a classe econômica, além de tentar beijá-lo. Em contrapartida, o comportamento de André gerou confusão no voo.

Dessa forma, o avião fez um pouso de emergência em Belém.

Posteriormente, em entrevista à Folha de S. Paulo, José Ferreira Sales, policial federal de Belém (PA), afirmou que o ator foi amarrado “com cordões improvisados” pelos passageiros.