Processos e “perdidos”: Atores da Globo, que fizeram muito sucesso, hoje nem pisam mais na emissora


Processos e "perdidos": Atores da Globo, que fizeram muito sucesso, hoje nem pisam mais na emissora
Processos e "perdidos": Atores da Globo, que fizeram muito sucesso, hoje nem pisam mais na emissora (Foto Reprodução/Internet)

Atores e atrizes, que brilharam muito na Globo, se “queimaram” e hoje não pisam mais na emissora

Que a Globo é uma das maiores emissoras do Brasil isso é fato. Em anos de existência, a emissora foi responsável por lançar muitos talentos e artistas de peso, que se empenham muito  para levar um entretenimento de qualidade para  a casa de centenas de brasileiros.

Contudo, nem tudo são flores, há também artistas que fizeram sucesso, mas acabaram protagonizaram escândalos na emissora, saindo de lá queimados e alguns foram banidos terminantemente de pisarem do canal

Priscila Fantin

Priscila Fantin, que foi uma das maiores promessas da Globo entre a década de 90 e anos 2000, foi responsável em dar a vida para inúmeros personagens memoráveis da emissora.

Duas das mais marcantes personagens que ela interpretou foi: A Olga, na novela “Chocolate com Pimenta”, de 2003, e a Serena em “Alma Gêmea”, novela do ano de 2006.

Porém, após sofrer com uma profunda depressão, ela optou em se afastar das telinhas e recusou muitos papéis de lá pra cá. Temos uma média de aproximadamente 5 novelas rejeitadas em anos consecutivos.

Sendo assim, ela acabou perdendo espaço e nunca mais foi chamada para atuar em nenhum folhetim ou produções globais.

Priscila Fantini como "Serena" em "Alma Gêmea, novela de 2006 da Globo (Foto Reprodução/Internet)
Priscila Fantini como “Serena” em “Alma Gêmea, novela de 2006 da Globo (Foto Reprodução/Internet)

 

Sthefany Brito

Sthefany Brito também não emplacou uma carreira na platinada, pois após seu casamento com Alexandre Pato, em 2009, ela decidiu romper o contrato com o canal para acompanhar o jogador em seu trabalho fora do Brasil.

Após seu divórcio conturbado ela retornou ao Brasil, porém a Globo não quis mais chamar a atriz para nada e ela acabou tendo sua carreira de atriz estagnada

Sthefany Brito largou a carreira para seguir com seu marido fora do país e ao voltar não conseguiu mais oportunidades (Foto Reprodução/Internet)
Sthefany Brito largou a carreira para seguir com seu marido fora do país e ao voltar não conseguiu mais oportunidades (Foto Reprodução/Internet)

Mario Frias

Mario Frias, que inclusive despontou como par romântico de Priscila Fantin em “Malhação”, no ano de 1999, após se afastar das telinhas, foi  um dos poucos artistas que apoiaram a candidatura do ex presidente, Bolsonaro.

Tanto é, que assim como Regina Duarte, ele saiu da carreira artística para exercer uma função no Governo Bolsonaro e nunca mais retornou, pois sua imagem ficou vista como “no grata” por toda a classe de atores e consequentemente ficou queimado na emissora.

Priscila Fantin e Mario Frias fizeram par romântico em "Malhação" edição de 1999 (Foto Reprodução/Gshow)
Priscila Fantin e Mario Frias fizeram par romântico em “Malhação” edição de 1999 (Foto Reprodução/Gshow)

Carolina Ferraz

Figurinha carimbada em vários folhetins da Globo, Carolina Ferraz nunca mais foi contratada pelo canal, após ela abrir um processo contra a emissora em 2017, pedindo uma indenização em torno de 10 milhões de reais.

Apesar do boicote que ela sofreu da emissora após mover a ação contra a emissora, hoje ela desponta como apresentadora do “Domingo Espetacular”

Carolina Ferraz, apesar de queimada na Globo, hoje desponta na Record como apresentadora (Foto Reprodução/Internet)
Carolina Ferraz, apesar de queimada na Globo, hoje desponta na Record como apresentadora (Foto Reprodução/Internet)
Lennita Lee

Autor(a):

Lennita Lee

Meu nome é Lennita Lee, tenho 32 anos, nasci e cresci em São Paulo. Viajei Brasil afora, e voltei para essa cidade, afim de recomeçar a minha vida. Sou formada em moda pela instituição "Anhembi Morumbi" e sempre gostei de escrever. Minha maior paixão sempre foi a dramaturgia Também sou viciada em grandes produções latino americanas e mundiais. A arte é o que me move ....