Atriz da Globo expôs teste do sofá com diretores para conseguir papel na TV: “Existiu esse lugar”


Samara Felippo (à dir.) estrelou diversas novelas da Globo. (Foto: reprodução/Globo)
Samara Felippo (à dir.) estrelou diversas novelas da Globo. (Foto: reprodução/Globo)

Ex-atriz da Globo, Samara Felippo expôs o tão falado teste do sofá envolvendo diretores na TV

Ex-estrela da Globo, Samara Felippo revelou detalhes sobre o assédio enfrentado por atrizes nos bastidores da televisão. A artista foi convidada especial para participar do canal do Youtube de Rafinha Bastos.

Durante a entrevista, a atriz compartilhou suas vivências profissionais e relatou que diversas amigas perderam oportunidades de trabalho após se recusarem a manter relações sexuais com diretores. “Ao olhar para trás, percebo os abusos que sofri, o machismo e outras coisas que não enxergávamos na época”, revelou.

“Acredito que houve um tempo em que eu me deparei com isso. Houve uma ocasião em que me sentei para fazer um teste para o papel de protagonista e o responsável pelo casting disse: ‘Você não tem cara de virgem’. Será que há um padrão para a aparência de uma virgem?”, indagou a atriz.

“É um buraco que acabamos nos enfiando. Uma mão que toca a coxa durante um jantar ou um convite para conversar em particular. Tudo parecia exigir que eu perdesse dois quilos, mesmo que eu já fosse magra. Essa pressão estética era imposta às mulheres, que pensavam: ‘Tenho que estar magra… tenho que estar magra… Se não estiver magra, não vou participar da próxima novela'”, relatou.

Atriz Samara Felippo. (Foto: reprodução/UOL)
Atriz Samara Felippo. (Foto: reprodução/UOL)

Atriz revelou pressão nos bastidores

Samara Felippo também abordou a pressão que as mulheres enfrentam ao interpretar determinados papéis. “É uma pressão absurda, em todos os aspectos, especialmente para as mulheres. Acredito que isso ainda aconteça, pois há denúncias que jamais imaginávamos que poderiam acontecer”, comentou.

A artista também falou sobre sua gravidez e sua saída da emissora Globo. “Engravidei aos 30 anos. Cerca de um ano depois do nascimento da minha filha mais velha, Alice, decidi romper com a Globo”, explicou.

“Apesar disso, a Globo foi uma grande empresa para mim. Meu nome, por ter participado de novelas e outros trabalhos na Globo, me abriu portas e oportunidades em outros projetos”, concluiu a atriz.