Atriz da Globo teve o carro revistado pela polícia e foi detida por porte de drogas: “Três meses”


Atriz da Globo foi detida por porte de drogas (Foto Reprodução/Montagem/Fatos da Tv)
Atriz da Globo foi detida por porte de drogas (Foto Reprodução/Montagem/Fatos da Tv)

Atriz da Globo famosa e uma amiga foram “detidas” por porte de drogas após terem o carro revistado pela polícia

A atriz da Globo, Cláudia Ohana, ficou nacionalmente conhecida por muitos papéis memoráveis da dramaturgia, como a sexy e inesquecível Natasha de “Vamp”, novela marcante da década de 80.

Em meados dos anos 2000, a famosa foi presa com cerca de 30 gramas de maconha, no Rio Bonito, localizado no Rio de Janeiro na região dos Lagos. Na época, ela e uma amiga, a também atriz Tânia Bôscoli, foram interceptadas por uma blitz da Polícia Rodoviária Estadual,  quando estavam indo para Búzios.

Claudia Ohana como Natasha em "Vamp" (Foto Reprodução/Globo)
Claudia Ohana como Natasha em “Vamp” (Foto Reprodução/Globo)

Os policiais fizeram uma varredura no carro da atriz, que na época era do modelo “Blazer” e encontraram uma certa quantidade de drogas.

De acordo com informações dos policiais, divulgadas pelo site ‘Diário do Grande ABC’, Cláudia Ohana teria ficado nervosa e se recusado a mostrar a carteira de motorista, alegando que havia esquecido a habilitação em sua residência:

“Ela foi parada numa barreira rotineira, não tínhamos ideia do que iríamos encontrar”– Revelou o sargento Pedro Paulo Alves.

Ainda segundo as informações policiais da época, a atriz foi parada no próximo posto policial do bairro de Boa Esperança, ainda em Rio Bonito e foi levada para a 119° Delegacia de Polícia, onde foi indiciada como usuária.

Tânia Bôscoli (Foto Reprodução/Pinterest)
Tânia Bôscoli (Foto Reprodução/Pinterest)

Mas em  entrevista à Folha, Claudia Ohana deu sua versão dos fatos e alegou que ambas  não foram autuadas sob acusação de portar maconha e sim porque a placa do carro estaria com visibilidade corrompida:

“Eles pediram minha carteira de motorista e eu estava sem ela porque perdi há pouco mais de três meses”– Disse Claudia Ohana ao portal do jornal

Além disso, segundo ela, os policiais decidiram revistar o carro, encontrando a maconha em uma bolsa de Tânia Bôscoli.

“Fiquei surpresa e ela disse que também ficou. Alguém colocou na bolsa dela sem avisar ou pedir, sei lá. Sei que não era dela. Ela me disse e eu acredito nela” – Finalizou ela

Lennita Lee

Autor(a):

Lennita Lee

Meu nome é Lennita Lee, tenho 32 anos, nasci e cresci em São Paulo. Viajei Brasil afora, e voltei para essa cidade, afim de recomeçar a minha vida. Sou formada em moda pela instituição "Anhembi Morumbi" e sempre gostei de escrever. Minha maior paixão sempre foi a dramaturgia Também sou viciada em grandes produções latino americanas e mundiais. A arte é o que me move ....