Atriz da Globo descumpriu acordo, bateu de frente com autor e foi punida severamente


Amor à Vida foi uma novela produzida pela Globo (Foto: Divulgação)
Atriz da novela "Amor à Vida", produzida pela Globo, foi punida (Foto: Divulgação)

Atriz recusou a raspar a cabeça em Amor à Vida e virou fantasma nas mãos de autor

A atriz Marina Ruy Barbosa, começou sua carreira muito jovem na Globo, ficando muito conhecida por seus cabelos ruivos e volumosos. Entretanto, no ano de 2013, na novela “Amor à Vida”, sua personagem Nicole, que tinha câncer, teria que raspar seus cabelos.

O autor Walcyr Carrasco pediu a atriz, mas ela teria se recusado. Em seguida, surgiram rumores que o autor ficou tão nervoso com a recusa, que decidiu puni-la e a transformou em um fantasma na trama.

+ Ratinho causou polêmicas com funcionários no SBT e já foi pauta até no Jornal Nacional

Em 2020, Walcyr Carrasco confirmou que realmente uma punição. “Quando ela aceitou o papel, ela tinha combinado que cortaria o cabelo. Tinha combinado verbalmente que cortaria quando aceitou o papel. Ela foi fazer o papel e a história [do corte] foi chegando. Ela não avisou com tanta antecedência que não iria cortar”, explicou Walcyr durante entrevista para a revista caras.

O autor da Globo continuou: “Se ela tivesse, a certa altura, avisa com muita antecedência, eu teria sabido orientar a história para outro lugar”.

Ao saber da declaração do autor, Marina Ruy Barbosa decidiu abrir o jogo. A famosa usou seu Twitter para dar sua versão.

Atriz falou sobre decisão

“Depois de oito anos, ainda esse assunto. Nunca falei sobre isso e sei que o que não faltam são histórias bem distantes da verdade.”, inicou ela.

E prosseguiu: “Aproveitando a fala do Walcyr, ‘desisti’ pois o que tinha sido combinado e dito pra mim sobre a história, sobre a personagem, não foi feito”, detonou ela.

Marina Ruy Barbosa virou a fantasma de Nicole como punição do autor Walcyr Carrasco (Foto: Divulgação)
Marina Ruy Barbosa virou a fantasma de Nicole como punição do autor Walcyr Carrasco (Foto: Divulgação)

“Uma pena que na época não tive ‘acesso’ e não pude falar diretamente com o autor. Nunca nos falamos, nem no momento em que fui chamada pra novela, durante o trabalho ou depois de tudo.”, disse Marina Ruy Barbosa sobre a polêmica.

+ Estrela de “Mulheres Apaixonadas” virou notícia no Jornal Nacional após ser presa

“Uma pena não ter tido a chance de conversar e entender o que se passava na cabeça do Walcyr. Do lado de cá, com as informações que eu tinha, de uma coisa estava certa: como atriz, não queria só o sensacionalismo.”, afirmou a ruiva.

“Como menina/mulher aos 17 anos, só valeria à pena se fosse pra tratar da doença com muito respeito e atenção, e fazer uma ação social sobre câncer linfático”, explicou Marina Ruy Barbosa.

Marina Ruy Barbosa disse que houve consenso

Ainda no Twitter, Marina Ruy Barbosa contou sobre ter se recusado a raspar a cabeça em “Amor à Vida“, novela de Walcyr Carrasco: “Não foi uma decisão irresponsável, muito menos leviana. Após uma longa conversa com a direção da emissora da época, chegamos juntos a essa conclusão, de que não fazia sentido pela forma como tudo estava sendo tratado.”, ponderou a ruiva.

Ao concluir, Marina Ruy Barbosa enalteceu Walcyr Carrasco que a puniu no passado: “No entanto, possuo total respeito e admiração pelo trabalho do Walcyr, um autor que considero muito talentoso”, disparou a atriz da Globo.

Hudson William

Escrevo sobre notícias da TV e das celebridades há muitos anos com passagens, inclusive, por outros portais como TV Foco. Meu objetivo é informar com precisão e clareza.