Marcou na TV

Atriz da Globo teve premonição de sua morte: “Lá em cima é muito melhor”


Atriz da Globo previu sua morte (Foto: Reprodução - Globo)

A novela A Viagem, da Globo, guardou por anos uma fala que previu o futuro da atriz! Confira os detalhes dessa chocante revelação

A novela A Viagem tratou de um assunto super delicado que é a vida após a morte. Com duas versões de sucesso, uma exibida na TV Tupi e outra na TV Globo. Em fevereiro de 2021, quando a segunda versão estava sendo exibida no Canal Viva, um diálogo entre a personagem Bárbara (Chris Pitsch) e  Zeca (Irving São Paulo) chamou bastante atenção.

Comentando sobre o suicídio do personagem Alexandre (Guilherme Fontes), Bárbara falava para Zeca: “Eu não tenho medo da morte, não. Com certeza, lá em cima é muito melhor.”

Posteriormente, pouco mais de um ano depois, a atriz teve um mal súbito e morreu, com apenas 24 anos.

Atriz da Globo teve morte súbita aos 24 anos após fazer sua única novela (Foto: Reprodução - Globo)
Atriz da Globo teve morte súbita aos 24 anos após fazer sua única novela (Foto: Reprodução – Globo)

Chris Pitsch, nascida como Christiane Pagliuca Tedd na Capital de São Paulo em 1971, teve uma juventude difícil.  Com 14 anos, Chris Pitsch foi diagnosticada com cardiopatia congênita, doença essa que logo depois causou sua morte.

Sua carreira

Em sua curta vida, atuou apenas na novela A viagem, onde Bárbara sua personagem, era uma funcionária de uma videolocadora e cantora da banda de Zeca. Mas ela já havia se dedicado à dança e ao teatro antes de ganhar a oportunidade de trabalhar na Globo.

Veja também

Em seguida, a artista teve um infarto fulminante 1 ano após o fim das gravações da trama, no dia 20 de outubro de 1995. De acordo com a mídia ela via TV com o namorado, Beto Pitsch, no apartamento onde moravam, em Botafogo, zona sul do Rio de Janeiro, assim morrendo instantaneamente.

Atriz de novela da Globo fez premonição dias antes da morte (Foto: Reprodução - Globo)
Atriz de novela da Globo fez premonição dias antes da morte (Foto: Reprodução – Globo)

Por fim, a novela A Viagem teve como tema central a vida após a morte, inspirada na filosofia de Allan Kardec, o codificador do espiritismo.  Alexandre (Guilherme Fontes) conduziu todo a narrativa , ele era um delinquente que se mata na cadeia após ser condenado por cometer roubo seguido de homicídio e imediatamente começa a infernizar a vida de todos que julga responsáveis por seu trágico destino.