Atriz de O Rei do Gado admitiu vergonha de ter feito a novela: “Quase não aceitei”


Atriz não gosta de rever suas cenas em O Rei do Gado. (Foto: reprodução)
Atriz não gosta de rever suas cenas em O Rei do Gado. (Foto: reprodução)

O Rei do Gado se tornou uma das novelas de maior sucesso da Globo, tanto que está atualmente no ar em uma nova reprise na emissora, que decidiu promover o seu retorno à programação para pegar carona no sucesso recente do remake de Pantanal, que é do mesmo autor, Benedito Ruy Barbosa.

A trama acabou promovendo alguns nomes que seguem em evidência até os dias de hoje. Um deles é o de Lavínia Vlasak, que fez sua estreia na TV interpretando Lia, filha do protagonista vivido por Antonio Fagundes. Apesar do bom desempenho no folhetim, a atriz surpreendeu ao contar que sente vergonha de ver o seu trabalho na trama, pelo visual e a falta de experiência na época.

“É bem emocionante, mas eu confesso que tenho uma certa vergonha. Assisto quase debaixo da cama, é como se fosse uma foto antiga. Eu estava estreando uma peça e quase não aceitei o trabalho, porque achava que tinha de fazer teatro primeiro”, declarou a atriz em entrevista ao programa Encontro com Fátima Bernardes, em 2015. “Na época, o meu namorado disse: ‘Lavínia, não é qualquer dia que você pode fazer a filha do Antonio Fagundes. Deixa de ser boba e aceita’. E eu aceitei”, completou a famosa, que tinha uma implicância com o cabelo da sua personagem.

Atriz Lavínia Vlasak. (Foto: reprodução)
Atriz Lavínia Vlasak. (Foto: reprodução)

Atriz tinha medo de contracenar com Antonio Fagundes em O Rei do Gado

Em entrevista mais recente, Lavínia chegou a revelar outro problema que enfrentou na época das gravações de O Rei do Gado: a ansiedade ao contracenar com Antonio Fagundes.

O que pressionava a atriz era a famosa história de que Fagundes tem excelente memória e consegue decorar todo o seu texto em questão de minutos. Isso a fez se sentir na obrigação de sempre chegar com o texto na ponta da língua na hora de contracenar com o protagonista. Para isso, ela chegou a ficar ausente de uma festa da própria novela para conseguir decorar todo o seu texto.

“Eu falava assim ‘não posso errar’. Eu levava o texto pra casa. No dia seguinte da festa tinha uma cena de cinco páginas. Só eu e ele, e eu falava horrores. Ele fazia perguntas curtas e eu contava uma história absurda. Eu dormia e acordava sonhando que eu não me lembrava de um trecho do texto…”, confessou.