Destaque em O Rei do Gado, atriz acabou escanteada em novela e pediu para ir embora


Silvia Pfeifer foi estrela de O Rei do Gado. (Foto: reprodução)
A atriz foi estrela de O Rei do Gado (Foto: Reprodução, Montagem, fatos da TV)

Estrela de O Rei do Gado, Silvia Pfeifer foi deixada de lado em outra novela da Globo

Nos anos 90, o sucesso de Silvia Pfeifer na Globo a colocou em destaque, especialmente na novela O Rei do Gado, que está atualmente em exibição. Na trama de Benedito Ruy Barbosa, a atriz interpreta Léia, uma perua casada com o protagonista, Antonio Fagundes.

Antes de alcançar fama em O Rei do Gado, Silvia foi escalada para o elenco da primeira temporada de Malhação em 1995, como Paula, a proprietária de uma academia que era um ponto central da história. Embora tenha sido convidada para participar do programa por Roberto Talma, um renomado diretor, Silvia acabou se sentindo desprestigiada quando sua personagem começou a perder espaço na trama.

Ela disse que poderia ter recusado o convite, já que havia acabado de gravar Tropicaliente dois meses antes, mas aceitou porque achou a proposta interessante e porque Talma e Flávio Colatrello estariam na direção. Infelizmente, ambos acabaram deixando a Globo em pouco tempo, o que também a deixou frustrada.

Atriz Silvia Pfeifer. (Foto: reprodução)
Atriz Silvia Pfeifer. (Foto: reprodução)

Atriz pediu para deixar novela

Por causa do foco de Malhação em personagens jovens, Silvia sentia que estava sendo deixada de lado na história, apesar de dar estrutura ao programa. Ela disse que passou meses sem ter falas. Embora tenha expressado seu descontentamento por ter pouco espaço, a atriz reconhece que a participação em Malhação contribuiu para que ela fosse vista de forma diferente como artista.

Ela afirmou que, depois de fazer Meu Bem, Meu Mal, as críticas diziam que ela não era boa. Em Perigosas Peruas, ela fez cenas mais engraçadas e as pessoas a elogiaram. Em Tropicaliente, ela interpretou uma mulher rica e sofrida, que andava chique o tempo todo. Em Malhação, ela passou a ser vista como uma mulher esportiva, atual, real e alegre.