Atriz de O Rei do Gado tinha medo de contracenar com Antonio Fagundes na novela


Antonio Fagundes em O Rei do Gado. (Foto: Reprodução)
Antonio Fagundes em O Rei do Gado. (Foto: Reprodução)

Sucesso na Globo, O Rei do Gado acabou promovendo diversos atores na emissora, e um desses nomes foi o de Lavínia Vlasak, que fez sua estreia na TV justamente no folhetim escrito por Benedito Ruy Barbosa.

Na trama, a atriz deu vida à Lia, uma jovem doce, que é bastante próxima ao pai, Bruno, vivido por Antonio Fagundes, mas que sofre com a relação conturbada que ele tem com a sua mãe, Léia (Silva Pfeifer). Em virtude disso, a jovem nunca acreditou de verdade no amor, mas muda de opinião ao conhecer Aparício (Almir Sater), um violeiro que mexe com o seu coração.

Justamente por interpretar a filha do protagonista, Lavínia teve de contracenar diversas vezes com Antonio Fagundes, mas se engana quem pensa que a experiência do ator faria a jovem atriz se sentir mais segura em cena, pelo contrário. Em recente entrevista a um podcast, Lavínia contou que tinha medo de contracenar com o veterano e sofria bastante pela cobrança excessiva sobre si mesma para não errar diante dele.

Atriz Lavínia Vlasak. (Foto: Reprodução)
Atriz Lavínia Vlasak. (Foto: Reprodução)

Atriz chegou a faltar a festa de O Rei do Gado para decorar texto

O que pressionava ainda mais a atriz de O Rei do Gado era a famosa história de que Fagundes tem excelente memória e consegue decorar todo o seu texto em questão de minutos. Isso a fez se sentir na obrigação de sempre chegar com o texto na ponta da língua na hora de contracenar com o protagonista. Para isso, ela chegou a ficar ausente de uma festa da própria novela para conseguir decorar todo o seu texto.

“Eu falava assim ‘não posso errar’. Eu levava o texto pra casa. No dia seguinte da festa tinha uma cena de cinco páginas. Só eu e ele, e eu falava horrores. Ele fazia perguntas curtas e eu contava uma história absurda. Eu dormia e acordava sonhando que eu não me lembrava de um trecho do texto…”, confessou.