Atriz da Globo descobriu câncer ainda nas gravações de novela e faleceu pouco tempo após o diagnóstico


Ana Maria Braga, Ilva Niño, Isabel Ribeiro e Arlete Salles atrizes da Globo (Foto: reprodução/Globo)
Ana Maria Braga, Ilva Niño, Isabel Ribeiro e Arlete Salles atrizes da Globo (Foto: reprodução/Globo)

Atriz que fez parte de grandes produções e participou de vários sucessos da Globo, faleceu cedo demais após perder a luta contra o câncer

A atriz Isabel Ribeiro nasceu na cidade de São Paulo, em 8 de julho de 1941, e participou de vários sucessos da Globo. Quando pequena, a artista sonhava em ser médica e trabalhar em pesquisas.

Descendente de uma pequena família de imigrantes poloneses, teve que abandonar os estudos, antes de ingressar na faculdade, para trabalhar e ajudar a família.

Então, o teatro apareceu em sua vida meio por acaso. Fez um curso de política estudantil e conheceu um grupo, que a encaminhou a fazer sua primeira peça infantil, que foi “A Bruxinha Que Queria Ser Boa”.

Contudo, isso ocorreu em 1962, depois, disso conheceu o diretor Augusto Boal, e ele a levou para o Teatro de Arena. Encaminhou-se para o Cinema, e em 1967, começou uma carreira de muito sucesso nas nossas telas.

Nesse mesmo ano fez três filmes: “Todas As Mulheres do Mundo”, “Garota de Ipanema” e “O ABC do Amor”. Ainda na década de 1960 ela esteve em “Lance Maior”; “Tempo de Violência” e “Como Vai, Meu Bem”.

Nos anos 1970 ela se consagrou como uma das mais premiadas atrizes do cinema brasileiro, atuando em: “Azyllo Muito Louco”; “Os Herdeiros”; “O Doce Esporte do Sexo”; “Quem É Beta?”;  “Amor, Carnaval e Sonhos”; “Os Condenados”.

Também, participou de “Toda Nudez Será Castigada”; “As Deliciosas Traições do Amor”;  “A Queda”;  “Na Ponta da Faca”; “O Coronel Delmiro Gouveia”; “O Coronel e o  Lobisomem”; “Parceiros da Aventura”; “O Menino Arco-Iris”; “Feliz Ano Velho” e “Besame Mucho”.

Isabel Ribeiro (Foto: reprodução/Globo)
Isabel Ribeiro (Foto: reprodução/Globo)

A doença ceifou sua vida

Na televisão, seu início foi em 1970, na TV Tupi, quando participou da novela “Toninho On The Rocks”. Em 1971, fez “A Selvagem” e em 1972, “Tempo de Viver“, todas na TV Tupi. Depois, em 1974, se transferiu para a TV Globo e atuou em “O Rebu”. Em 1975 fez a novela “O Noviço” e  depois “O Grito“.

Assim, em 1976 teve seu melhor papel em “Duas Vidas” e no ano seguinte atuou em “Sem Lenço, Sem Documento”, e em 1978, em “Sinal de Alerta“, todas elas na TV Globo.

Contudo, em 1979 voltou para a  TV Tupi para fazer a novela “Gaivotas”, e em 1980 foi para a Rede Bandeirantes atuar em “Um Homem Muito Especial”.

Voltou a TV Globo, em 1981, e fez “O Amor é Nosso”; “Sol de Verão”, em 1982; e em 1983. Esteve na minissérie “Parabéns Pra Você” e na novela  “Champagne”. Em 1987, fez na Rede Manchete a novela “Helena“.

Isabel Ribeiro foi casada com o ator Altair Lima e teve três filhos. Quando, em 1987, estava fazendo a novela “Helena”, a atriz descobriu um pequeno tumor no seio.

Então, em 1988, a artista da Globo precisou fazer uma cirurgia no Hospital Alberto Einstein, em São Paulo, chegando a se recuperar.

Entretanto, a doença acabou voltando a se manifestar através de metástases. E com isso, a atriz da Globo faleceu no dia 13 de fevereiro  de 1990, na cidade de Jundiaí, em São Paulo.

Por fim, a artista da Globo acabou sendo vítima de uma insuficiência respiratória e metástase provocada pelo câncer de mama, com apenas 48 anos de idade.

Isabel Ribeiro e família (Foto: reprodução/Globo)
Isabel Ribeiro e família (Foto: reprodução/Globo)
Bruna Alves

Autor(a):

Bruna Alves

Eu sou Bruna Alves, redatora de notícias da televisão e celebridades desde 2016, com passagens em alguns sites da área ao logo desse tempo. No FATOS DA TV, trago notícias com credibilidade e responsabilidade aos leitores, relembrando acontecimentos passados da TV e dos famosos, mas também deixando os leitores atualizados com assuntos da atualidade.