Atriz consagrada da Globo, que já faleceu, deu destino surreal à herança e deixou todos de queixo caído


Atriz da Globo deu destino inacreditável a herança (Foto: reprodução/Globo)
Atriz da Globo deu destino inacreditável a herança (Foto: reprodução/Globo)

Conhecida pelos trabalhos que fez na Globo, a atriz surpreendeu a todos com o destino de sua herança registrado no testamento

A atriz Eva Todor morreu em dezembro de 2017, após décadas e décadas trabalhando como atriz. Então, a famosa da Globo não tinha filhos ou marido para deixar seus bens.

Por isso, fez um testamento que beneficiou os funcionários que estavam a seu lado no dia a dia. Eva se foi aos 98 anos, vítima de uma pneumonia, e deixou um legada na televisão

Assim, quando Eva Todor morreu, aos 98 anos, ela era viúva e não tinha filhos. Por isso, a atriz deixou seu patrimônio para sete pessoas que trabalhavam para ela.

Em síntese, foi divulgado que o dinheiro de Eva foi dividido entre duas empregadas, seu motorista, uma médica, um artesão, uma dona de casa e um relações públicas.

Na época em que Eva Todor morreu, ela tinha em seu nome um apartamento (no bairro do Flamengo – RJ), uma casa (no município de Miguel Pereira – RJ), um carro e dinheiro aplicado.

Dessa forma, ainda segundo as informações, ela exigiu em seu testamento que todos os seus imóveis fosse vendidos e que as porcentagens de cada beneficiado do testamento fosse diferente.

Contudo, não há divulgação do valor que cada um dos funcionários recebeu. Entretanto, a casa que ela tinha na cidade de Miguel Pereira foi a última venda entre seus bens, o que ocorreu em julho de 2020.

Atriz Eva Todor (Foto: Reprodução)
Atriz Eva Todor (Foto: Reprodução/ Globo)

A carreira da artista começou ainda na infância

A atriz nasceu em Budapeste, capital da Hungria, em 1919. A a triz da Globo era filha de uma designer de moda com um comerciante de tecidos e se mudou para o Brasil quando estava com 5 anos de idade, mais tarde, sendo naturalizada brasileira.

A carreira artística de Eva começou cedo, ainda na infância. Ela começou aulas de balé enquanto ainda vivia na Hungria e continuou estudando ao desembarcar no Brasil. Aos 9 anos, ela já se apresentava em um espetáculo de dança.

Anos depois, ela ingressou no teatro como atriz. Ela ficou anos trabalhando nos palcos, até que em 1960, recebeu convite para seu primeiro filme, “Os Dois Ladrões”.

Em seguida, ela trabalhou na série “As Aventuras de Eva” (1961 – 1962) e em 1970, atuou em sua primeira novela: “E Nós Aonde Vamos?”, da extinta TV Tupi.

Anos depois, em 1977, ela estreou na TV Globo com a novela Locomotivas. Obra de Cassiano Gabus Mendes, essa foi a primeira novela colorida da faixa das 19h. Ela interpretou a marcante personagem Kiki Blanche, ex-vedete do teatro de revista.

Depois de mais projetos na emissora, ela atuou em sucessos como Top Model (1989), De Corpo e Alma (1992), Malhação (1995), entre outros.

Em 2000, ela interpretou a interesseira Josefa em O Cravo e a Rosa, novela que voltou para as telinhas da Globo abrindo uma nova faixa de reprises no período da tarde da emissora.

Ela também atuou em “Brava Gente” (2001), “Sob Nova Direção” (2004), “A Diarista” (2004), “América” (2005), “Meu nome Não é Johnny” (2008),” Caminhos das Índias” (2009), “Ti Ti Ti” (2010) e as “Brasileiras” (2012).

Tambem, participou de “Salve Jorge” (2012 – 2013) foi sua última novela. A atriz da Globo morreu alguns anos depois, em 2017, quando teve pneumonia.

Atriz Eva Todor (Foto: Reprodução)
Atriz Eva Todor (Foto: Reprodução/ Globo)
Bruna Alves

Autor(a):

Bruna Alves

Eu sou Bruna Alves, redatora de notícias da televisão e celebridades desde 2016, com passagens em alguns sites da área ao logo desse tempo. No FATOS DA TV, trago notícias com credibilidade e responsabilidade aos leitores, relembrando acontecimentos passados da TV e dos famosos, mas também deixando os leitores atualizados com assuntos da atualidade.