Atriz morreu antes do fim de Senhora do Destino e fez Globo escalar substituta às pressas


Atriz morreu durante as gravações de Senhora do Destino. (Foto: reprodução/Montagem)
Atriz morreu durante as gravações de Senhora do Destino. (Foto: reprodução/Montagem)

Globo promoveu mudança em Senhora do Destino após a morte de atriz

Uma das tramas mais impactantes da Globo, sem dúvidas, foi Senhora do Destino, escrita por Aguinaldo Silva, que ficou marcada pela triste morte de uma atriz durante sua exibição. Isso resultou na entrada de Cristina Mullins na produção para assumir o papel de Aurélia.

A atriz que infelizmente nos deixou foi Miriam Pires, que começou sua carreira artística em 1954, como radioatriz, na Rádio Mundial. Ela também teve passagens pelas rádios Mayrink Veiga e Tupi. De 1986 em diante, atuou em diversas tramas da Rede Manchete, como Dona Beija, Tudo ou Nada, Carmem e Olho por Olho. Em seguida, na Bandeirantes, participou de Capitães de Areia, baseada na obra de Jorge Amado.

Em 1989, ela retornou à Globo para interpretar a divertida Milu em Tieta, trama na qual se destacou com o bordão “Mistério…”. Também atuou em Meu Bem, Meu Mal (1990) e, em seguida, na Manchete em Ilha das Bruxas, antes de voltar para a Globo em Salomé.

Miriam Pires (à esq.) ao lado de Susana Vieira na novela. (Foto: reprodução)
Miriam Pires (à esq.) ao lado de Susana Vieira na novela. (Foto: reprodução/Globo)

Substituição após morte da atriz

Em Senhora do Destino, ela interpretava a cozinheira da casa de Maria do Carmo, Clementina. Durante a história, a personagem lançou um livro de receitas, A cozinha de Dona Clementina, que misturava ficção e realidade. O livro foi lançado pela Editora Globo e reunia diversas receitas da personagem, escolhidas pelo próprio autor.

Miriam Pires se mostrou empolgada com sua personagem na novela e afirmou que cozinhar era um ato de amor. “Tem que gostar, ter prazer em preparar a comida. Até um ovo frito tem que ser feito com carinho. O amor é o melhor de todos os temperos”, disse ao O Globo, em 18 de julho de 2004.

Cristina Mullins foi escolhida como substituta. (Foto: reprodução/Globo)
Cristina Mullins foi escolhida como substituta. (Foto: reprodução/Globo)

Infelizmente, a atriz não pôde terminar a produção, pois faleceu em setembro de 2004, aos 77 anos de idade, vítima de toxoplasmose, doença que afetou seu cérebro. A Globo já havia previsto a possibilidade de sua ausência e escalou Cristina Mullins para interpretar Aurélia.