Atriz sofreu calote de emissora após protagonizar novela fracassada e que ficou sem desfecho


Carolina Kasting na novela Brida. (Foto: Reprodução)
Carolina Kasting na novela Brida. (Foto: Reprodução)

Nos anos 1990, a TV Manchete se tornou especialista na produção de novelas, chegando a bater de frente e até superar a audiência da Globo, como ocorreu com Pantanal, que recentemente ganhou um remake na própria emissora carioca.

Porém, nos seus últimos anos de existência, a Manchete entrou em um verdadeiro poço de dívidas, e foi justamente um folhetim que acabou sendo o responsável por enterrar de vez a emissora e levá-la à fechar as portas.

Baseada no famoso livro homônimo de Paulo Coelho, Brida acabou sendo a última novela produzida pelo canal, em 1998, mas também foi a mais problemática, se tornando um grande fracasso de audiência, sem conseguir ao menos levantar dinheiro para pagar a equipe envolvida na produção.

Protagonista da novela sofreu calote

Justamente pela falta de pagamento dos salários, os profissionais se recusaram a concluir as gravações de Brida, fazendo a novela chegar ao fim praticamente sem desfecho e de forma improvisada, usando narração.

Em 1999, a concessão da Manchete acabou sendo repassada para a RedeTV!, e isso fez Carolina Kasting, protagonista da novela, entrar com um processo contra os novos donos da estação para cobrar os valores que ela não recebeu pelo seu trabalho no folhetim.

A ação chegou a ser julgada três vezes, em 2002, 2011 e 2018, e a atriz saiu vitoriosa em todos os casos. A RedeTV!, por sua vez, alega que não é sucessora da Manchete, e portanto, não tem responsabilidade pelas dívidas deixadas pelo extinto canal.

Apesar de toda resistência, a RedeTV! se viu pressionada a quitar a dívida com Carolina, mas apenas em junho deste ano. Dessa forma, Carolina acabou recebendo seu pagamento por Brida 24 anos após o fim da novela.