Atriz sofreu com fracasso de novela e fez desabafo contra autor: “Exijo respeito”


Luiza Tomé (à dir.) em cena da novela Máscaras. (Foto: reprodução/Record)
Luiza Tomé (à dir.) em cena da novela Máscaras. (Foto: reprodução/Record)

Luiza Tomé “pagou o pato” pelo fracasso de novela e se revoltou

Na televisão, é frequente que muitos atores escolham participar de determinadas novelas devido à sua afinidade ou grande amizade com o autor responsável pelo projeto. No entanto, é igualmente comum que as estrelas se recusem a se envolver em algum projeto devido a problemas com os novelistas. Este foi o caso da atriz Luiza Tomé.

Luiza já havia sido uma musa das novelas da Globo, como Tieta (1989), mas resolveu mudar para a Record em 2006, onde teve sucesso em uma série de folhetins. Em 2012, a emissora decidiu investir pesado em sua teledramaturgia, lançando a novela Máscaras, que contou com a participação de Luiza interpretando a personagem Geraldine.

Infelizmente, a novela não atingiu as expectativas e se tornou um fiasco histórico da emissora, apesar de seu alto investimento e expectativas. Para tentar salvar a trama, o experiente autor Lauro César Muniz realizou uma série de mudanças, o que deixou a atriz descontente.

Luiza Tomé participou da novela Máscaras. (Foto: Reprodução)
Luiza Tomé participou da novela Máscaras. (Foto: Reprodução)

Atriz fez desabafo

Luiza Tomé ficou insatisfeita com o fato de sua personagem ter sido jogada para escanteio após as mudanças. Ela chegou a desabafar nas redes sociais, questionando se Lauro estava satisfeito com o papel que ela estava interpretando e chegando a afirmar que essa seria a última novela do autor que ela faria.

“Estou mega triste! Segurei até onde deu! Mas amo muito o que faço, não desrespeito ninguém! Mas exijo RESPEITO. Perdi a vontade , o tesão de gravar. Se não gosta me tira. Pedi pra fazer porque adorava ele, mas a recíproca não rola, então me tira! Não é a primeira novela que faço do Lauro, mas com certeza será a ultima, me sinto humilhada”, disparou a atriz.

Lauro César Muniz se defendeu, explicando que a personagem de Luiza havia perdido espaço na trama devido às mudanças necessárias para adiantar a história principal. No final, Máscaras se consolidou como um fracasso e teve que ser encurtada praticamente pela metade. O fiasco também marcou a aposentadoria do autor, enquanto Luiza Tomé permaneceu na emissora até 2017.