Autor da Globo famoso por novelas nos anos 80 faleceu vítima da AIDS


Autor da Globo nos anos 80 (Foto: Reprodução/Globo)

Autor do sucesso Bambolê perdeu uma luta rápida e severa contra a AIDS nos anos 80

Recentemente exibida no canal Viva, Bambolê foi uma trama marcante pelo texto de Daniel Más, infelizmente o autor não está mais entre nós após falecer devido a complicações pela AIDS.

Daniel nasceu na Espanha lá em 1943, no entanto, foi naturalizado brasileiro e chegou na televisão após trabalhar como colunista social na Vogue e também no O Globo. Foi só nos anos 60 que ele começou a escrever para projetos na TV. Daniel Más começou com Um Rosto de Mulher na Globo e também Irmãos Corso na TV Tupi.

De qualquer forma foi apenas nos anos 80 que Daniel se firmou na Globo ao escrever para: Avenida Paulista (1982) e Moinhos de Vento (1983), Um Sonho a Mais (1985), Bambolê (1987), séries e novelas. Guerra dos Sexos (1983), Transas e Caretas (1984) e Armação Ilimitada (1985) tiveram sua colaboração.

+ Overdose arrancou sonho de ator promissor da Globo que entrou em declínio

“É necessário prender o público nos três primeiros minutos. É muito mais do que simplesmente sentar-se à mesa e criar uma história; é vibrar junto com os personagens, envolver-se com a trama e com o jogo mortal que criamos”, contou para à Folha de São Paulo fazendo uma analogia ao futebol e sua escrita para novelas.

O FIM

Um ano depois do fim de Bambolê, Daniel descobriu que estava com o vírus da AIDS, infelizmente, no mesmo ano seu companheiro Régis Albino, também com a doença, faleceu precocemente aos 29 anos. No mesmo mês, Más foi internado, chegou a sair do hospital, porém seu estado de saúde piorou e ele retornou a internação.

Daniel Más morreu no ano de 1989 no mês de fevereiro e foi enterrado no Rio de Janeiro no cemitério Jardim da Saudade que fica em Jacarepaguá.

+ Ator de A Praça é Nossa foi esquecido, virou morador de rua e expôs como sobreviveu: “Me ajudavam”

Autor Daniel Más (Foto: Reprodução)