Autor da Globo morreu após imprudência de taxista no auge da carreira, deixando o Brasil em luto


Ator da Globo morreu após acidente de carro (Foto: reprodução/Montagem/Fatos da TV)
Ator da Globo morreu após acidente de carro (Foto: reprodução/Montagem/Fatos da TV)

Autor de vários projetos de sucesso da Globo, morreu de forma trágica após o veículo em que estava colidir com um ônibus

O brilhante escritor e dramaturgo Alfredo Freitas Dias Gomes, que responsável por vários projetos de sucesso da Globo.

Morreu aos 76 anos, na madrugada do dia 18 de maio de 1999, num acidente de carro no cruzamento da avenida Nove de Julho com a rua Estados Unidos, em São Paulo.

Contudo, segundo informações da polícia, o autor estava em um táxi voltando de um restaurante no centro da cidade, com a mulher, Maria Bernadete Dias Gomes. Quando, por volta das 2h, o veículo bateu contra um ônibus.

Então, Maria Bernadete e o motorista do táxi Osias Patricio da Silva, ficaram na época internados no Hospital das Clínicas de São Paulo. Ambos estavam fora de perigo de vida. Assim, a mulher do autor da Globo teve ferimentos no ombro e no rosto e passou por alguns exames.

Entretanto, o autor foi arremessado para fora do Fiat Uno de quatro portas, bateu a cabeça na mureta que separa as pistas na avenida Nove de Julho e morreu na hora.

Alfredo Freitas Dias Gomes e esposa (Foto: reprodução/Globo)
Alfredo Freitas Dias Gomes e esposa (Foto: reprodução/Globo)

O taxista cometeu a inflação por insistência do autor

O taxista, que atuava na profissão há apenas dois meses, sofreu um ferimento na cabeça e foi indicado por homicídio culposo.

Em depoimento à polícia, ele afirmou que fez a manobra imprudente por insistência do dramaturgo. Após o veículo passar da entrada para o flat onde o casal estava hospedado.

Em suma, Dias Gomes escreveu, entre outros sucessos, a novela “Roque Santeiro” e a série “O Pagador de Promessas”. Alfredo de Freitas Dias Gomes nasceu em Salvador, na Bahia, em 19 de outubro de 1922.

Em 1935, mudou-se com a família para o Rio de Janeiro e com apenas 15 anos escreveu sua primeira peça, A comédia dos moralistas, que ganhou o 1º lugar no Concurso do Serviço Nacional de Teatro em 1939.

Ingressou na Faculdade de Direito do Estado do Rio em 1943, abandonando o curso no 3º ano. Estreou no teatro profissional em 1942, com a comédia Pé-de-cabra, encenada no Rio de Janeiro e depois em Sao Paulo por Procópio Ferreira, que com ele acabou apresentada em todo o país.

O ator da Globo deixou cinco filhos  Alfredo, Denise e Guilherme, com Janete, e Maíra e Luana, com Bernadeth. Outro filho do primeiro casamento, Marcos, já havia falecido.

Alfredo Freitas Dias Gomes (Foto: reprodução/ Internet)
Alfredo Freitas Dias Gomes (Foto: reprodução/ Internet)
Bruna Alves

Autor(a):

Bruna Alves

Eu sou Bruna Alves, redatora de notícias da televisão e celebridades desde 2016, com passagens em alguns sites da área ao logo desse tempo. No FATOS DA TV, trago notícias com credibilidade e responsabilidade aos leitores, relembrando acontecimentos passados da TV e dos famosos, mas também deixando os leitores atualizados com assuntos da atualidade.