Autor renomado da Globo perdeu 3 filhos e amigo foi brutalmente assassinado em um táxi


Autor famoso sofreu muitas perdas trágicas (Foto Reprodução/Montagem/Fatos da Tv)
Autor famoso sofreu muitas perdas trágicas (Foto Reprodução/Montagem/Fatos da Tv)

Autor da Globo além de perder os três filhos ainda lidou com uma morte trágica que o marcou pro resto da vida

Manoel Carlos Gonçalves, mais conhecido como Maneco, é um dos autores mais renomados da Globo, e ele possui muitas novelas emplacadas como “Por Amor”, “Páginas da Vida”, “Laços de Família” e muitas outras.

Porém, em sua vida pessoal o autor enfrentou muitos momentos trágicos, afinal ele perdeu três filhos, sendo eles Ricardo de Almeida, em 1988, Manoel Carlos Júnior, em 2012, vítima de uma parada cardíaca, e Pedro Almeida, em 2014, após acordar sem vida.

Manoel Carlos e os filhos (Foto Reprodução/Internet)
Manoel Carlos e os filhos (Foto Reprodução/Internet)

E infelizmente, seus momentos ruins não pararam por ai, como se não bastasse tudo que passou ele ainda sofreu com a perda em 2006, quando seu motorista particular e amigo, Carlos de Oliveira Rodrigues, foi assassinado.

Carlos de Oliveira, tinha 38 anos de idade quando foi assassinado enquanto descia de um táxi em frente sua casa, no bairro Engenho Novo, na Zona Norte do Rio de Janeiro. O motorista trabalhava para Maneco há cerca de oito anos e deixou uma mulher e dois filhos para trás.

Na ocasião, ao chegar ao seu destino, o motorista da estrela da Globo foi obrigado a parar e abrir a porta. Com isso, um bandido o assaltou e na sequência disparou contra o passageiro, que era Carlos de Oliveira, que infelizmente não resistiu e morreu de imediato.

Manoel Carlos (Foto Reprodução/Globo)
Manoel Carlos (Foto Reprodução/Globo)

Além disso, o bandido levou apenas 30 reais do taxista e o mandou fugir em seguida. E sem tempo para puxar o freio, e no desespero, Cláudio saltou do veículo, que chegou a descer uma ladeira e bateu em um poste.

Em uma nota à imprensa, o autor da Globo e sua família lamentaram a morte do amigo e motorista do escritor e se prontificaram a prestar qualquer tipo de apoio e ajuda à família:

“Estamos ainda em estado de choque com o que aconteceu, pois não sabemos o que motivou tanta violência.Carlos era um funcionário exemplar e um amigo da família. Confiamos na polícia e esperamos que tudo seja apurado corretamente” – Dizia o comunicado

Lennita Lee

Autor(a):

Lennita Lee

Meu nome é Lennita Lee, tenho 32 anos, nasci e cresci em São Paulo. Viajei Brasil afora, e voltei para essa cidade, afim de recomeçar a minha vida. Sou formada em moda pela instituição "Anhembi Morumbi" e sempre gostei de escrever. Minha maior paixão sempre foi a dramaturgia Também sou viciada em grandes produções latino americanas e mundiais. A arte é o que me move ....