Autor de Terra e Paixão assumiu novela e deixou colega revoltado: “Quando eu encontrar ele, vou dar porrada”


Walcyr Carrasco é autor de Terra e Paixão na Globo. (Foto: reprodução/Montagem)
Walcyr Carrasco é autor de Terra e Paixão na Globo. (Foto: reprodução/Montagem)

Benedito Ruy Barbosa se revoltou com Walcyr Carrasco na Globo

Depois do grande sucesso do remake de Pantanal, o nome de Benedito Ruy Barbosa voltou a ser destaque na Globo. A emissora decidiu então reprisar outra novela do renomado autor, O Rei do Gado, que agora está de volta no Vale a Pena Ver de Novo.

Embora seja um talentoso e experiente autor, com um estilo único em seus folhetins, Benedito é conhecido por ser teimoso e ter um forte temperamento nos bastidores, o que já causou alguns conflitos. Um dos mais notáveis ocorreu durante a produção de Esperança (2002), que se tornou uma das tramas mais problemáticas da história da Globo.

O escritor enfrentou dificuldades para cumprir os prazos de entrega dos capítulos de Esperança, fazendo com que os atores tivessem que gravar cenas que só iriam ao ar dois dias depois de serem filmadas, embora o prazo mínimo da emissora fosse de cinco dias.

“É difícil porque escrevo sozinho, mas estou conseguindo me adiantar novamente. Eu pensei que tinha dez capítulos prontos, mas descobri que estava atrasado porque os capítulos estavam sendo reeditados e estendidos diariamente”, justificou o autor em uma entrevista ao jornal Folha de S. Paulo na época.

Benedito Ruy Barbosa e Walcyr Carrasco. (Foto: Reprodução)
Benedito Ruy Barbosa e Walcyr Carrasco. (Foto: Reprodução)

Benedito ameaçou colega por causa de mudanças

Após muitos ultimatos, a emissora decidiu afastar Benedito e contratar Walcyr Carrasco, autor de Terra e Paixão, próxima novela das 21h, para assumir o roteiro de Esperança a partir do capítulo 149. Na época, o escritor prometeu publicamente que manteria a fidelidade ao que Benedito havia escrito, mas isso não aconteceu.

Carrasco fez várias mudanças na trama da Globo, incluindo novos personagens e alterando a personalidade de outros. A novela até teve uma boa audiência e deixou de ser a pior da história do horário, mas Benedito Ruy Barbosa ficou furioso e não concordou com as mudanças de seu colega.

“Quando ele assumiu a novela, eu parei de assistir. Se eu assistisse, queria bater nele. Eu liguei para Mário Lúcio Vaz [diretor artístico da Globo na época] e disse: ‘Avise Walcyr que, quando eu o encontrar, vou dar porrada, entendeu?’. Ele arruinou minha novela. Não terminou como eu queria. Mais tarde, ele me enviou uma carta pedindo desculpas. Coitado! No final, tudo acabou bem”, disse o autor no livro A Seguir, Cenas do Próximo Capítulo, lançado em 2009.