Autor de Terra e Paixão se deu bem com reprises de novelas e tem salário astronômico na Globo


Walcyr Carrasco é autor de Chocolate com Pimenta na Globo. (Foto: reprodução)
Walcyr Carrasco é autor de Chocolate com Pimenta na Globo. (Foto: reprodução)

Estrela na Globo, Walcyr Carrasco se tornou um dos autores mais bem pagos da TV

Walcyr Carrasco se consolidou como um dos principais autores de novelas da Globo nos últimos anos, obtendo êxito em diversas faixas de horário da emissora. Atualmente, o autor tem uma novela em reprise no Vale a Pena Ver Novo, Chocolate com Pimenta, que se tornou um sucesso.

Devido à sua fama e prestígio, Carrasco possui um dos maiores salários da emissora. De acordo com o site Natelinha, apenas pela reprise de sua obra, o autor receberá a quantia de R$ 1 milhão. Os contratos que os autores assinam com a Globo preveem essa remuneração por suas obras em reprise.

Ao se transferir do SBT para a Globo, o autor tinha um salário mensal de R$ 200 mil em seu primeiro contrato com a emissora. Com esse valor, ele assinou as suas três primeiras novelas no canal: O Cravo e a Rosa (2000), Chocolate com Pimenta (2003) e Alma Gêmea (2005), todas com grande audiência e posteriormente reprisadas.

Walcyr Carrasco. (Foto: reprodução/Globo)
Walcyr Carrasco. (Foto: reprodução/Globo)

Autor recebe fortuna

Em 2012, Carrasco obteve um reajuste de salário na Globo, passando a receber R$ 600 mil por mês, um valor que pode ser aumentado significativamente durante as exibições de suas novelas, graças aos anúncios de merchandising. Com A Dona do Pedaço (2019), sua última novela na emissora, o autor chegou a receber mais de R$ 1 milhão mensalmente, devido ao sucesso da trama.

Desde 2020, o autor tem recebido um aditivo de salário na emissora por causa da reprise de suas novelas. O Cravo e a Rosa foi exibida naquele ano e a sua substituta no horário foi justamente Chocolate com Pimenta.

Os autores de novelas da Globo têm direito a receber 20% do salário que tinham quando a trama foi originalmente exibida, em caso de reprises. Walcyr Carrasco, por exemplo, recebe cerca de R$ 40 mil mensais por cada reprise sem precisar trabalhar. Essa vantagem deve continuar, já que há outras novelas do autor sendo cogitadas para substituir Chocolate com Pimenta, como Caras & Bocas (2009).