Depois de enganar Silvio Santos, autor da Globo deixou no SBT novela que nunca foi produzida


Novela de Walcyr Carrasco nunca foi produzida pelo SBT. (Foto: reprodução)
Novela de Walcyr Carrasco nunca foi produzida pelo SBT. (Foto: reprodução)

Walcyr Carrasco é considerado por muitos o principal autor de novelas da Globo na atualidade, depois de se tornar um nome versátil e sinônimo de audiência, conseguindo emplacar uma sequência de novelas de sucesso e em diferentes faixas de horário. Porém, pouca gente sabe que, antes de alcançar esse status na emissora carioca, o novelista iniciou a sua carreira no SBT, mas de forma bastante conturbada.

Em 1989, o autor fez a sua estreia justamente na emissora de Silvio Santos, com a novela Cortina de Vidro. Porém, a trama foi um verdadeiro fiasco, fazendo com ele deixasse o posto de autor e ficasse apenas com o cargo de supervisor de teledramaturgia da emissora.

Apesar de ter um excelente salário, Walcyr estava incomodado por não escrever suas próprias novelas, e em 1996, ele decidiu assumir um plano ousado e para lá de arriscado, aceitando um convite para escrever um folhetim em uma emissora concorrente, mesmo ainda tendo contrato com o SBT. Walcyr Carrasco fechou um acordo com a extinta TV Manchete para escrever Xica da Silva, novela que foi protagonizada por Taís Araújo.

O segredo durou apenas alguns meses, e foi descoberto pelo próprio SBT, que inconformado com o sucesso da novela concorrente, colocou funcionários para seguir o diretor de Xica da Silva, Walter Avancini, pelas ruas de São Paulo, até descobrir que ele estava se encontrando com Walcyr Carrasco.

Autor Walcyr Carrasco. (Foto: reprodução)
Autor Walcyr Carrasco. (Foto: reprodução)

Walcyr Carrasco deixou no SBT novela que nunca foi produzida

Porém, para a surpresa de todos, Silvio Santos não demitiu o autor após esse episódio, pelo contrário. O sucesso de Xica da Silva serviu para provar o seu potencial como autor, e Walcyr acabou sendo promovido após o fim do folhetim da TV Manchete, assinando a novela Fascinação, em 1998, no SBT.

No entanto, mesmo com o sucesso de Fascinação, a passagem de Walcyr pela emissora durou pouco, já que, no ano seguinte, ele acabou acertando a sua transferência para a Globo. O seu contrato com o SBT, porém, previa que ele escrevesse duas novelas, então, antes de partir para a emissora carioca, o autor deixou um folhetim totalmente escrito, mas que nunca saiu do papel.

A trama ganhou o título de Segredo e seria ambientada nos anos 1950, acompanhando o playboy João Paulo, que para não perder a herança do avô ricaço, decide arranjar um casamento de fachada com uma jovem humilde, vinda do interior, que aos poucos, faz com que o rapaz se apaixone de verdade por ela.

Com o seu acerto com a Globo, Walcyr ainda tentou facilitar a vida do SBT, adaptando a novela para os dias atuais, para não precisar contar com o seu acompanhamento durante a produção da trama. A emissora de Silvio Santos, no entanto, não viu com bons olhos a ideia de realizar uma trama de um autor que já estava na concorrência, e o projeto segue na gaveta até os dias de hoje.